Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal

 
Seleções
Terça, 13 de junho de 2006, 18h18 
Parreira comemora vitória e confirma Ronaldo
 
Allen Chahad
Antonio Prada
Sérgio Loredo
Wanderley Nogueira
Direto de Berlim
 
Últimas de Brasil
» A investidores, Lula diz que Seleção daria prejuízo
» Juan: 'Roberto Carlos não errou no gol de Henry'
» Ronaldo pode ter licença de motorista cassada
» Cirurgia afasta Ronaldo por um mês dos campos
» Todas as notícias de Brasil
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O técnico Carlos Alberto Parreira ficou bastante satisfeito com a vitória sobre a Croácia na estréia do Brasil na Copa do Mundo. "O adversário sabe marcar muito bem e dificultou bastante a atuação da Seleção", afirmou o treinador. Parreira voltou a frisar que o importante na estréia era a vitória e o Brasil atingiu esse objetivo. "Foi excelente", comemorou, ao ressaltar que o time pode mudar o desempenho e vai mudar.

Parreira culpa amistosos pela má atuação

Parreira também minimizou as críticas sobre a atuação de Ronaldo e garantiu a presença do atacante na equipe titular, na próxima partida do Brasil, contra a Austrália. "Hoje, ele estava pesado, sentiu muito o calor, faltou ritmo. Mas o Ronaldo vai entrar em forma. Ele está confirmado para o jogo da Austrália. Ele é decisivo, é importante. E só jogando, vai ganhar ritmo".

Leia os principais trechos da entrevista

Croácia
"Pegamos um time muito bom, bem entrosado, que sabe marcar e dificultou bastante o Brasil. Eu já tinha comentado que o jogo mais difícil para gente era a estréia. Se compararmos com as outras chaves, vemos que o time da Croácia é muito bom".

Atuação do Brasil
"Eu acho que a dificuldade de penetração foi muito grande. Ronaldo e Ronaldinho foram muito bem marcados. Sempre encontramos a presença de oito, nove jogadores da Croácia marcando. A vitória foi excepcional, mas temos que melhorar e vamos melhorar com a seqüência de jogos. Estamos com 70% da forma ideal, obviamente que nosso time sentiu muito a parte física, principalmente no final, mas eles também sentiram".

Problemas de marcação
"O lado que incomodava e incomodou bastante foi o lado esquerdo deles. Eles ficaram sempre com um jogador a mais e eu não podia tirar o Zé Roberto para marcar o Niko Kovac. Até o Adriano voltar um pouco ali na marcação, eles estavam incomodando a gente. Quando o Adriano começou a voltar no Niko Kovac, a gente melhorou".

Ronaldo
"Ele estava há quase dois meses sem jogar no Real Madrid e é normal que o Ronaldo tenha sentindo o ritmo de jogo, mas acredito que ele vai melhorar com a seqüência de partidas. Hoje, ele estava pesado, sentiu muito o calor, faltou ritmo. Mas o Ronaldo vai entrar em forma. Ele está confirmado para o jogo da Austrália. Ele é decisivo, é importante. E só jogando, vai ganhar ritmo".

Ronaldinho
"Acho que o Ronaldinho jogou bem, mas foi muito bem marcado e mesmo muito bem marcado ele conseguiu fazer jogadas belíssimas. Se apresentou na partida. Por isso, eu acho que ele jogou com alegria".

Juninho Pernambucano
"Está escrito em algum lugar que faltou o Juninho? Nos 20min do segundo tempo, a partida ficou equilibrada. A hora mais difícil de se mexer em uma equipe é quando está 1 a 0. Mas eu fiz questão de manter a equipe ofensiva e coloquei o Robinho. Eu poderia muito bem recuar a equipe, tirando um atacante, pondo o Juninho no lugar do Adriano. Mas preferi manter a equipe ofensiva".

Austrália
"Vamos encontrar um time fisicamente muito forte de bom nível técnico. Eles têm quatro jogadores que jogam na Europa e sabem jogar. Acho que nós estaremos em condições de enfrentarmos melhor. Nós não vamos sair para briga porque não é o nosso forte. Vamos ganhar no toque de bola, na habilidade. O jogo se tornou muito importante. É uma partida em que o vencedor já estará nas oitavas".
 

Redação Terra