Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal

 
Seleções
Quarta, 14 de junho de 2006, 20h25  Atualizada às 05h36
Ronaldo se queixa de tontura, mas treina na quinta
 
Allen Chahad
Antonio Prada
Sérgio Loredo
Wanderley Nogueira
Direto de Koenigstein
 
Últimas de Brasil
» A investidores, Lula diz que Seleção daria prejuízo
» Juan: 'Roberto Carlos não errou no gol de Henry'
» Ronaldo pode ter licença de motorista cassada
» Cirurgia afasta Ronaldo por um mês dos campos
» Todas as notícias de Brasil
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O atacante Ronaldo reclamou de tontura à comissão técnica da Seleção Brasileira nesta quarta-feira. De folga, ele se sentiu mal depois da reapresentação em Koenigstein e foi avaliado pelos médicos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que trataram de deixá-lo tranqüilo. O jogador foi liberado para o treino desta quinta, marcado para as 16h45 (11h45 de Brasília), na Arena Zagallo.

A avaliação médica e os exames complementares, realizados em Frankfurt, a 25 quilômetros da sede brasileira na Alemanha, não constataram qualquer tipo de problema. Segundo o Jornal da Globo, o jogador teria passado por uma endoscopia. O medido José Luiz Runco, que o acompanhou à clínica, deu entrevista logo depois que voltou do local na porta do hotel, mas nada informou sobre os exames feitos no jogador. Na ocasião, inclusive, deu a seguinte declaração: "em termos médicos, não existe qualquer preocupação. O que ele deve fazer é melhorar cada vez mais sua performance física, até porque veio de um período parado".

Assim como fez após a estréia contra a Croácia, na última terça, Ronaldo evitou dar entrevistas. A expectativa é que ele fale sobre sua atuação apagada na primeira rodada da Copa do Mundo e o mal-estar desta quarta antes do treino de quinta-feira.

Os outros jogadores da Seleção tiveram um dia mais tranqüilo. Alguns deles jogam no futebol alemão e aproveitaram para rever familiares e amigos. Foi o caso de Zé Roberto, que passou a jornada de folga em sua casa, em Munique.

Todos os atletas se reapresentaram em Koenigstein até as 22h30 (17h30 de Brasília) desta quarta. Agora começa a preparação para o confronto de domingo, contra a Austrália. Se o Brasil vencer, fica bem perto de uma vaga nas oitavas-de-final.


 

Redação Terra