Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal

 
Seleções
Domingo, 18 de junho de 2006, 17h52  Atualizada às 21h24
França quebra jejum, mas empata com Coréia e se complica
 
EFE
Zidane recebeu o segundo amarelo e pode ter encerrado a carreira
Zidane recebeu o segundo amarelo e pode ter encerrado a carreira
Últimas de França
» Ribéry recebe homenagem de cidade natal
» Chirac diz que ato de Zidane foi "compreensível"
» Zidane estava nervoso e fora provocado, diz Buffon
» Materazzi explica incidente na sede da Fifa
» Todas as notícias de França
» Todas as notícias de Coréia do Sul
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

A França quebrou um jejum de oito anos e cinco partidas sem balançar as redes em Copas do Mundo neste domingo, mas voltou a decepcionar e empatou por 1 a 1 com a Coréia do Sul. A equipe comandada por Raymond Domenech saiu na frente em Leipzig, mas bobeou e se complicou no Grupo G.

Confira fotos do jogo
Veja a tabela do Grupo G
Opine: o que você achou da partida?

A primeira colocação da chave é dos sul-coreanos, que chegaram aos quatro pontos. Os franceses aparecem na vice-liderança, com dois, mas podem ser superados pela Suíça, que mede forças com Togo nesta segunda-feira.

A partida contra a Coréia do Sul pode ter sido a última da vitoriosa carreira de Zinedine Zidane. O meio-campista recebeu o segundo cartão amarelo no Mundial e não participa do confronto da última rodada, contra Togo.

A França começou bem e abriu a contagem logo aos 8min, quando Thierry Henry ficou com sobra após chute prensado de Sylvain Wiltord e tocou na saída do goleiro. Ainda na primeira etapa, Won-jae Lee defendeu cabeçada de Vieira já dentro do gol, mas o árbitro Benito Archundia não viu.

Na etapa final, mais truncada, Kim Sang-Shik entrou no lugar do contundido Ho Lee, e Jung-Hwan Ahn foi acionado por Dick Advocaar para buscar o empate. A recompensa veio aos 36min, quando Ji-sung Park completou jogada confusa para as redes.

As duas equipes encerram sua participação na primeira fase da Copa do Mundo na próxima sexta-feira, às 16h (de Brasília). Enquanto a Coréia do Sul enfrenta a Suíça, em Hannover, a França mede forças com Togo, em Colônia.

O jogo

A França começou melhor a partida e chegou com perigo aos 6min, quando Henry achou belo passe para Wiltord. O camisa 11 recebeu na área e bateu cruzado, mas o goleiro Won-jae Lee saiu bem e impediu o gol.

Aos 8min, no entanto, não foi possível evitar o primeiro gol francês em Mundiais desde 1998. Wiltord dominou na meia esquerda e bateu prensado. A sobra ficou com Henry, que tocou de perna esquerda na saída do goleiro.

A partir daí, a França diminuiu um pouco o ritmo, mas os coreanos também não apareceram com perigo no ataque. Os coreanos só estiveram perto do gol aos 21min, quando o zagueiro Gallas tentou cortar de cabeça e quase marcou contra.

A defesa da Coréia não demonstrava segurança e sofria quando era atacada. Aos 32min, Vieira subiu mais que a defesa após cobrança de escanteio e cabeceou forte. Won-jae Lee fez a defesa de dentro do gol, mas o árbitro não apontou o centro do campo.

No intervalo, Dick Advocaat resolveu mexer em sua equipe, trocando Eul-yong Lee por Ki-hyeong Seol. Do lado francês, Domenech esperou alguns minutos na etapa final para promover a entrada de Frank Ribery no lugar de Sylvain Wiltord.

Apesar das substituições, o segundo tempo era carente de grandes emoções. O lance de maior destaque até os minutos finais era a trombada de Ho Lee com Patrick Vieira, que resultou em contusão e substituição do coreano.

Aos 36min, quando o jogo caminhava para o apito final com 1 a 0, Jae Chin Cho recebeu cruzamento da direita e escorou de cabeça para a pequena área. De joelho, Ji-sung Park encobriu Barthez, e o zagueiro Gallas não conseguiu impedir o gol.

Não bastasse o empate, a França recebeu mais uma notícia ruim. Já nos minutos finais, Zidane recebeu o segundo cartão amarelo e é desfalque certo para a partida contra Togo. O lateral-esquerdo Eric Abidal desfalca o time pelo mesmo motivo.

Ficha técnica
França 1 x 1 Coréia do Sul
 
Equipes
Fabien Barthez
Willy Sagnol
Lilian Thuram
William Gallas
Eric Abidal
Patrick Vieira
Claude Makelele
Sylvain Wiltord
(Frank Ribery)
Zinedine Zidane
(David Trezeguet)
Florent Malouda
(Vikash Dhorasoo)
Thierry Henry

Técnico:
Raymond Domenech
Woon-jae Lee
Yuong-pyo Lee
Young Chul Kim
Jin-chul Choi
Dong Jin Kim
Ho Lee
(Kim Sang-Shik)
Nam-il Kim
Eul-yong Lee
(Ki-hyeon Seol)
Chun-soo Lee
(Jung-Hwan Ahn)
Jae Jin Cho
Ji-Sung Park

Técnico:
Dick Advocaat
 
Gols
9min - 2º tempo
Thierry Henry
36min - 2º tempo
Ji-sung Park
Cartões amarelos
Eric Abidal
Zinedine Zidane
Ho Lee
Dong Jin Kim
 
Local: Zentralstadion, em Leipzig
Árbitro: Benito Archundia (MEX)
Público:  43.000 espectadores

 

Redação Terra