Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal

 
Seleções
Quarta, 28 de junho de 2006, 10h15 
Novo técnico da Coréia do Sul promete evolução
 
Últimas de Coréia do Sul
» Novo técnico da Coréia do Sul promete evolução
» Zenit me traz um novo desafio, diz Advocaat
» Coréia do Sul tem novo técnico holandês
» Coréia do Sul atribui derrota à arbitragem
» Todas as notícias de Coréia do Sul
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

Ex-auxiliar de Dick Advocaat, que pediu demissão na última segunda-feira, Pim Verbeek assumiu o comando da seleção sul-coreana. Ele imediatamente anunciou seus planos para construir uma seleção mais forte, capaz de brigar com as principais forças na próxima Copa do Mundo.

"No nosso caminho para 2010, é muito importante diminuir a diferença com o futebol internacional. Como sou do futebol europeu, podem ter certeza que tenho uma boa idéia sobre como podemos diminuir a diferença e melhorar nossos jogadores para que estejam tão bem quanto em 2002", disse o holandês, que espera levar a Coréia pelo menos até as quartas em 2010.

Há quatro anos, seu compatriota Guus Hiddink tornou-se herói nacional na Coréia do Sul ao levar o time até as semifinais da Copa que o país recebeu. Na ocasião, Verbeek também foi assistente de Hiddink. Com 50 anos de idade, ele tem 25 de experiência como treinador.

Confiante, ele disse que seus primeiros objetivos são ganhar a Copa Asiática de 2007 e a Olimpíada de Pequim em 2008. O comandante pretende recorrer a equipes universitárias e técnicos da liga profissional do país para montar sua base de jogadores para a Copa de 2010.

"Acho que a mentalidade e o comprometimento dos jogadores são fantásticos. Para os melhores torcedores do mundo, vamos criar o melhor time asiático nos próximos anos e fazer de tudo para voltarmos, na próxima Copa do Mundo, para onde estivemos. Isso significa estar entre os 16 melhores ou entre os 8 melhores", discursou.

 

Reuters

Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.