Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal

 
Seleções
Sábado, 8 de julho de 2006, 19h18 
"É duro terminar assim", lamenta Figo
 
Últimas de Portugal
» Felipão rejeita Brasil e fica em Portugal até Euro 2008
» Monaco quer volante português Maniche
» Valencia demonstra interesse por Cristiano Ronaldo
» Governo português nega isenção de impostos aos atletas
» Todas as notícias de Portugal
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O capitão da seleção portuguesa, Luis Figo, que encerrou neste sábado sua carreira internacional com a derrota ante a Alemanha por 3 a 1 em partida que valia o terceiro lugar da Copa, admitiu que "é duro terminar assim".

"É duro para mim encerrar minha carreira internacional dessa forma. Fiz o que pude, e a equipe deu tudo o que tinha, mas a Alemanha mereceu a vitória. Chegou a hora de sair, isso teria que acontecer algum dia.", conformou-se o jogador.

Figo entrou aos 33min no lugar de Pauleta, e fez o cruzamento que permitiu a Nuno Gomes marcar o gol de honra dos portugueses, a dois minutos do fim.

Ele aproveitou para agradecer aos companheiros de time e torcedores lusitanos. "Estou orgulhoso por ter feito parte desta equipe. Agradeço publicamente a todos os portugueses o apoio que sempre me deram ao longo destes anos", declarou.

Figo reconheceu o momento difícil que atravessa no final de sua trajetória na seleção. "Quando se deixa uma coisa de que se gosta há 15 anos, não é fácil. Mas o mais importante é sair com a consciência tranquila, de que fiz tudo o que estava ao meu alcance", afirmou.

Para o meia, o futuro da equipe é promissor. "Deixo a seleção em um momento em que o futebol português está de parabéns por aquilo que fez nos últimos anos", disse Figo, que minimizou a importância de sua geração. "A anterior também foi importante para que hoje pudéssemos estar aqui", completou.

Aplaudido pela torcida alemã que lotou as arquibancadas do estádio em Stuttgart, Figo não deixou de agradecer. "Eles gostam da minha maneira de atuar no futebol. Fico feliz por isso", declarou o jogador da Inter de Milão.

 

EFE

Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.