Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal

 
Seleções
Sábado, 15 de julho de 2006, 16h33  Atualizada às 16h55
Beckham quer abrir academia de futebol na Ásia
 
Últimas de Inglaterra
» Em livro, Rooney diz que pisão foi acidente
» Beckham quer abrir academia de futebol na Ásia
» Fifa suspende Rooney, Cufré e Máxi Rodriguez
» Owen critica opção de Eriksson por posição de Rooney
» Todas as notícias de Inglaterra
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O jogador David Beckham quer aproveitar sua popularidade na Ásia para abrir uma filial de sua academia de futebol no continente.

O jogador do Real Madrid, que deixou a braçadeira de capitão da seleção inglesa após a eliminação na Copa do Mundo, está procurando uma cidade na Ásia para abrigar a nova academia, assim como as existentes em Londres e em Los Angeles.

"Estamos procurando do Pacífico até o Oriente Médio", disse Ed Cunningham, parceiro no projeto.

"Não é uma questão de qual cidade quer, mas qual é a melhor. Queremos atender a todas as crianças da Ásia".

Quando criança, Beckham participou de uma escola de futebol do ex-jogador Bobby Charlton e quer passar a mesma experiência para novas gerações.

"Isso é o que ele quer quando se aposentar: ajudar crianças a desenvolver liderança e habilidade com o futebol".

A academia não é para caridade, mas também não é necessariamente para crianças ricas.

"Não é para crianças de elite, pode haver crianças com futuro promissor, mas também aqueles que não têm tanto sucesso com a bola", disse Cunningham.

Apesar de ser uma operação comercial, Cunningham disse que dificilmente será uma cadeia de academias em toda Ásia.

"David Beckham se compromete com muito tempo cada ano com cada academia. Não queremos cansá-lo demais. Esse não é o tipo de academia que colocamos o nome do Beckham e ele nunca aparece".
 

Reuters

Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.