História


O Paraguai atrapalhou, mas o Brasil obteve seu terceiro título da Copa América em 1949, quando foi sede pela terceira vez.

Todos os títulos brasileiros até então foram conquistados em casa, mas os paraguaios apareceram como zebra e quase estragaram a festa da torcida.

O Brasil venceu as seis primeiras partidas, mas foi derrotado pelo Paraguai na última rodada por 2 a 1, o que forçou a realização de um jogo extra para decidir o título.

No desempate, os brasileiros deram o troco com sobra: 7 a 0, com show de jogadores como Zizinho, Jair da Rosa Pinto e Ademir de Menezes, eleito o melhor da competição.

Jair, com nove gols, finalizou a competição como artilheiro.

A Argentina tirou parte do brilho da competição ao desistir por atritos com dirigentes brasileiros.

Mesmo assim, o torneio teve o número recorde de 135 gols, 46 deles marcados pelo Brasil.

Peru, Uruguai, Bolívia, Chile, Equador e Colômbia completaram os participantes.

Brasil foi campeão com a incrível marca de 46 gols em oito jogos

Artilheiros
Jair (Brasil) 9
Ademir Menezes (Brasil) 7
Tesourinha (Brasil) 7
Benitez (Paraguai) 7
Dados da Copa
Ano:
1949
País:
Brasil
Data (início/final):
03/04 a 11/05
Seleção vencedora:
Brasil
Média de público:
26.500
Cidades e estádios:
5
Rio de Janeiro (Botafogo e São Januário), São Paulo (Pacaembu), Santos (Vila Belmiro) e Belo Horizonte (América)
Dados dos Jogos
Países participantes:
8
Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai
Número de partidas:
29
Número de gols:
135
Média gols/partida:
4,66
Final:
Brasil 7x0 Paraguai
Espectadores:
55.000