Futebol

publicidade
18 de julho de 2013 • 00h52 • atualizado às 01h01

Corinthians conquista o seu primeiro título após a saída de Paulinho

Paulinho estava no Pacaembu na noite desta quarta-feira, mas não para jogar. Agora funcionário do Tottenham, da Inglaterra, o volante se despediu da torcida e viu de perto o Corinthians superar o rival São Paulo na final da Recopa Sul-americana.

Antes mesmo da decisão, Paulinho já dizia que o Corinthians não dependia dele para obter sucesso. Ele estava confiante no sucesso de Guilherme, seu sucessor ao lado de Ralf na contenção do meio-campo alvinegro.

"Temos estilos parecidos. O Guilherme pode fazer o que eu fiz, exercer a mesma função. Ele tem tudo para coisas legais no Corinthians. Desejo toda a sorte do mundo a ele", declarou Paulinho, que irá se apresentar ao Tottenham apenas no final deste mês.A expectativa do Corinthians é de manter a tradição de ter contado com bons segundos volantes nos últimos anos. Além de Paulinho, Elias e Jucilei vingaram na posição a ponto de despertar a atenção do mercado europeu.

Ainda que não tenha alcançado o status de titular absoluto (Ibson, Edenílson e Jocinei são suas sombras), Guilherme ao menos já começou a cativar a torcida com provocações.

Ele imitou jocosamente a adiantada do goleiro Rogério Ceni no pênalti cobrado por Alexandre Pato na semifinal do Campeonato Paulista e mais recentemente a reclamação de joelhos do veterano na fase classificatória do mesmo torneio.

Nesta noite, Guilherme ganhou mais um motivo para fazer graça no posto que já foi de Paulinho - com um título conquistado justamente diante do São Paulo de Rogério Ceni.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva