6 eventos ao vivo

Futebol

Coronel Nunes, de 77 anos, é eleito vice-presidente da CBF

Istoé
16 dez 2015
15h55
atualizado às 16h55
  • separator
  • comentários

A vice-presidência da Região Sudeste da CBF passou a ser ocupada nesta quarta-feira (16) pelo presidente da Federação de Futebol do Pará, coronel Antonio Nunes, de 77 anos. Numa eleição conturbada, que foi suspensa e depois autorizada pela Justiça do Rio, mas que vai continuar sub-judice até julgamento do mérito, ele recebeu 44 votos dos 67 possíveis.

O coronel era candidato único, o que já havia ficado claro quando do lançamento do edital da assembleia, há 14 dias. Na oportunidade, a CBF obteve a assinatura de 22 federações avalizando o nome do coronel e minutos depois anunciou a eleição, publicando o edital em seu site oficial, no qual informava que só seria possível a inscrição de uma chapa se houvesse o apoio formal de oito federações e cinco dos 40 clubes das Séries A e B do Brasileiro.

Com 22 federações seguindo o script da CBF, não haveria como uma chapa alternativa obter o apoio de oito entidades estaduais para concorrer ao pleito. A eleição do coronel Nunes faz parte de uma estratégia do grupo de Marco Polo Del Nero em se manter no poder. No caso de afastamento definitivo do presidente licenciado da CBF, quem deve ocupar o cargo é o vice mais idoso. Delfim Peixoto, de 74 anos, tem defendido uma limpeza geral na confederação, com punição exemplar para quem se beneficou ilicitamente da entidade, e, por isso, não é aceito por Del Nero e seu grupo.

Estiveram presentes à assembleia 55 votantes. Cinco deles não quiseram participar do pleito. Outros 12 não vieram ao Rio e nem enviaram representantes. Três eleitores optaram pelo 'não' e três votaram em branco. O coronel já assumiu o cargo automaticamente.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade