0

Crespo é o mais caro em leilão inédito de jogadores na Índia

30 jan 2012
15h16
atualizado às 16h21

O atacante argentino Hernán Crespo recebeu a oferta mais alta em um leilão de jogadores e técnicos da nova liga de futebol da Índia que começa no próximo mês, ao ser arrematado, nesta segunda-feira, por US$ 840 mil.

Crespo foi contratado pelo time de Barasat da nova Premier League Soccer (PLS), que foi criada com base na super bem-sucedida liga de críquete do país e que será disputada de 25 de fevereiro a 8 de abril no Estado de Bengala Ocidental.

A ideia do leilão de jogadores foi copiada da liga de críquete, cujo modelo já foi repetido em outras de diversos esportes pelo país. O capitão da seleção italiana campeão do mundo em 2006, Fabio Cannavaro, foi arrematado pelo Siliguri por US$ 830 mil, enquanto o francês Robert Pires (US$ 800 mil), o nigeriano Jay-Jay Okocha (US$ 550 mil) e o ex-atacante do Liverpool Robbie Fowler (US$ 530 mil) foram, respectivamente, para Howrah, Durgapur e Calcutá.

Cinco franquias gastaram juntas quase US$ 7 milhões cada uma arrematando um "ídolo", dois estrangeiros e um técnico. "Esse leilão é inédito não apenas na história do futebol indiano, mas também para o futebol mundial", disse Bhaswar Goswami, diretor-executivo do Celebrity Management Group, que organiza a liga de futebol.

"Há um limite de gastos e devo dizer que as franquias gastaram o dinheiro com sabedoria", disse ele, por telefone, de Calcutá, onde aconteceu o leilão.

Em um país apaixonado pelo críquete, o Estado de Bengala Ocidental, no leste da Índia, é um dos poucos lugares onde o futebol também é bastante popular.

Quase 120 mil pessoas recepcionaram o goleiro da Alemanha, Oliver Kahn, durante uma visita do Bayern de Munique em 2008, enquanto Diego Maradona praticamente parou Calcutá quando esteve por lá no mesmo ano. O Howrah foi quem pagou mais caro por um treinador, com US$ 240 mil pelo ex-zagueiro de Portugal Fernando Couto.

Marco Etcheverry, considerado o maior jogador da história do futebol boliviano, será o treinador do Siliguri, que pagou US$ 200 mil para arrematá-lo no leilão.

Modelo de leilão foi copiado da liga de críquete e já foi repetido em outras categorias
Modelo de leilão foi copiado da liga de críquete e já foi repetido em outras categorias
Foto: Getty Images
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
publicidade