0

Criciúma e Chapecoense começam a decidir o Catarinense

10 mai 2013
16h58
atualizado às 17h01

O Criciúma e a Chapecoense começam a decidir neste domingo, às 16h, no Estádio Heriberto Hulse, o Campeonato Catarinense. A quinta final estadual entre as equipes, que terá desfecho no próximo dia 19, no Estádio Indio Condá, traz à cena o tempero especial do desempate, após registro histórico de dois triunfos para cada lado nas outras quatro oportunidade. A última finalíssima que opôs os clubes rivais aconteceu em 2011 e rendeu ao Verdão a conquista do tetracampeonato catarinense.

ATUANDO EM CASA, CRICIÚMA QUER ABRIR VANTAGEM NA DECISÃO

O Criciúma chega para esse primeiro jogo com o foco em absoluto na conquista da vitória. Ciente que decidirá o torneio longe de seus domínios, o Tigre aposta na força de seus torcedores para abrir vantagem diante do seu rival. Para o atacante Marcel, o triunfo neste domingo é uma obrigação.

- Acho que não dá para matar a decisão no primeiro jogo, a não ser que aconteça um jogo atípico a nosso favor. Mas a gente respeita a Chapecoense, é uma equipe experiente. Agora temos que vencer. Estamos jogando em casa e temos que vencer, pra ter, no mínimo, tranquilidade para jogar fora de casa. A gente tem esse pensamento e vamos buscar com todas as forças no domingo. Confiamos que a nossa torcida vai fazer do estádio um caldeirão, nos empurrar e a gente tem que lutar para conquistar a vitória. – defende o artilheiro.

No treino desta sexta-feira, o treinador Vandão não deu asas ao mistério e confirmou a equipe titular do Criciúma para confronto. Sem poder contar com o meia Ivo, com edema na coxa esquerda, o comandante atribuiu ao João Vitor a missão de compor o meio de campo tricolor com Elton e Amaral.

OBJETIVO DO CHAPECOENSE É REPETIR FEITO DE 2011

Aniversariante desta sexta-feira, o Chapecoense espera comemorar seus quarenta anos de existência em grande estilo neste domingo. Com a moral elevada após eliminar o Figueirense na semifinal da competição, o Verdão sonha agora desbancar outro favorito a conquista da competição. Remanescente do último título estadual logrado pelo Chapecoense, o meia Nenén garante o foco dos jogadores para repetir o feito de 2011.

- Mais uma final, feliz por estar chegando, sempre disputando finais. Em 2011 conseguimos aquele título importante disputado diante do próprio Criciúma e estamos nos preparando essa semana bem, sempre atento ao que o professor Gilmar nos passa, sempre atento para que domingo a gente faça um grande jogo e volte com um grande resultado. O Criciúma por ser um clube de Série A, pela estrutura, leva um favoritismo. Mas futebol é ali dentro das quatro linhas. O Figueirense era favorito, mas a gente soube respeitar e sabia que a hora que entrasse em campo era 11 contra 11. - afirmou.

Às vésperas do confronto, o técnico Gilmar Dal Pozzo ainda faz segredo a cerca da escalação do Furacão do Oeste para o embate decisivo. A principal dúvida do técnico remete a manutenção do zagueiro Tiago Saletti na lateral-esquerda ou a opção pelo retorno de Fabinho Gaúcho, suspenso na última partida.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA X CHAPECOENSE

Local: Heriberto Hulse, Criciúma (SC)

Data-Hora: 12/05/2013 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Paulo Henrique de Godoy Bezerra

Auxiliares: Carlos Berkembrock e Helton Nunes.

CRICIÚMA: Bruno; Sueliton, Matheus Ferraz, Ewerton Páscoa e Gilson; Amaral, Elton e João Vitor; Lins, Marcel e Fabinho. Técnico: Vadão.

CHAPECOENSE: Nivaldo, Fabiano, Rafael Lima, André Paulino e Tiago Saletti (Fabinho Gaúcho); Wanderson, Diego Felipe, Paulinho Dias e Neném; Rodrigo Gral e Fabinho Alves. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade