5 eventos ao vivo

Dante pensa que Guardiola terá um desafio ainda maior se Bayern levar a Champions

23 mai 2013
17h04
atualizado às 17h53

A final da Liga dos Campeões da Europa, entre Bayern de Munique e Borussia Dortmund, no próximo sábado no estádio de Wembley, em Londres, está mobilizando o mundo todo, os ingressos oficialmente estão esgotados, sendo negociados por inacreditáveis 2000 libras (seis mil reais) no mercado paralelo, mas a mídia londrina ainda não a trata como assunto principal.

Especificamente, na quarta-feira à noite aconteceu um atentado que culminou com a morte do soldado Drummer Lee Rigby ocorrido em Woolwich, no sul de Londres. Dois terroristas islamistas estão sendo acusados como responsáveis pelo ato. As manchetes de jornais e sites ingleses, passaram a focar a cobertura do fato.

De qualquer forma, o zagueiro Dante do Bayern de Munique, de 29 anos, único brasileiro que deverá iniciar a decisão do próximo sábado, é o protagonista de uma matéria no opular diário londrino "Evening Standard". Ele alerta que a equipe bávara já vem obtendo resultados impressionantes sob a direção de Jupp Heynckes e que no caso da conquista dos titulos da Champions League e da Copa da Alemanha e a quebra de tantos recordes criará uma situação de difícil superação por parte do novo tecnico Pep Guardiola, que assinou um contrato pelas próximas três temporadas.

- Nós já somos dominantes sem ele. Se vencemos tudo esta temporada e quebramos todos os recordes como temos feito até agora, não será fácil medir uma elevação de resultados no futuro.

Dante revela que nada mudou no elenco desde que foi anunciada a saída de Heynckes no final da temporada:

- Nós não esperávamos que este tipo de notícia aconteceria com 6 meses de antecedência ainda mais com o time alcançando tanto sucesso, mas é assim que o futebol funciona. Guardiola é um tremendo treinador e trará muita coisa para nós, mas estamos focados nesta temporada. Temos chance de conquistar mais dois títulos e queremos fazer isto. Neste momento não estamos preocupados com o novo técnico. Este é um grande time com muito caráter.

Dante explica sua rápida adaptação ao Bayern de Munique, quando já na primeira temporada conquista a titularidade absoluta e chega à Seleção Brasileira.

- Tenho a mesma mentalidade vencedora do clube e queremos este título, especialmente porque disputamos duas das tres últimas finais da Champions e as perdemos. Tenho esperança que a terceira vez será diferente e charmosa.

O Bayern de Munique perdeu apenas três de suas últimas 52 partidas e venceu 16 das suas últimas 17 partidas na Bundesliga.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade