publicidade
30 de novembro de 2012 • 12h34 • atualizado às 13h46

Conca dá adeus a time chinês por carta e deixa presidente indignado

Darío Conca afirmou que deseja retornar ao Brasil e abandonou o Guangzhou Evergrande
Foto: AFP
 

O destino do meio-campista Darío Conca está cada vez mais próximo do Fluminense. O argentino, que tem contrato com o clube chinês Guangzhou Evergrande, deixou a residência no país asiático, junto aos familiares, levando todos os pertences. Para se despedir, o jogador deixou apenas uma carta ao clube.

"Nunca recebemos nenhuma oferta formal por ele, que ainda negou retornar à Argentina. Mas, na verdade, é que na carta ele diz que não volta nunca mais. Confesso nunca ter visto algo assim", disse o presidente do Guangzhou, Liu Zhuo.

A imprensa chinesa confirmou o ocorrido e relatou ainda que o Guangzhou Evergrande aguarda o próximo mês para saber o desenrolar do caso. O presidente do clube espera que Conca cumpra com os compromissos e fique no clube até o término do contrato, em julho de 2013.

Segundo o site chinês Evening News, o argentino teria escrito na carta as seguintes palavras: "tenho coisas a fazer em minha vida. Uma delas é retornar ao Brasil", o que deixa claro que o destino do jogador tem grandes chances de ser o Fluminense, que mostra constante interesse em Conca, que jogou três temporadas nas Laranjeiras e conquistou o Campeonato Brasileiro de 2010 pela equipe.

"Ainda acredito que ele voltará. O enredo dessa história não me parece tão grave, visto que o Tevez já fez algo abstante semelhante no Manchester City, chegou a abandonar a equipe e ainda joga por lá. Espero que Conca retorne e cumpra seu contrato até o fim. Do contrário, seria uma violação das regras do clube. Ainda vou aguardar", disse Liu Zhuo.

Lancepress!