0

David Beckham é o novo embaixador do Campeonato chinês

4 mar 2013
16h43
atualizado às 16h50

Após deixar a Liga Profissional dos Estados Unidos para atuar no Paris Saint-Germain, da França, o inglês David Beckham voltou a fazer jus à sua fama de astro internacional ao se tornar nesta segunda-feira o novo embaixador do Campeonato Chinês.

"Beckham irá à China para promover o futebol entre os jovens e ser o embaixador da Super League chinesa", informaram os organizadores do campeonato num comunicado.

O jogador deverá fazer três visitas à China durante a competição, disputada de março a novembro.

"Sua chegada chamará a atenção do mundo sobre o potencial do futebol chinês e ajudará a torná-lo mais internacional", completou o comunicado da Chine Super League (CSL).

No entanto, a própria mídia oficial chinesa colocou em dúvida o sucesso da operação, apontando que o futebol local precisa primeiro cuidas dos problemas de corrupção e manipulação de resultados que mancharam sua reputação.

"Nem Beckham pode curar a ferida", apontou o Diário do Povo na sua edição online.

Os clubes chineses fizeram grandes investimentos para contratar craques estrangeiros, como o argentino Dario Conca (ex-Fluminense), que disputou as últimas duas temporadas com o Guangzhou Evergrande.

No ano passado, o Shanghai Shenhua contratou os atacantes Nicolas Anelka e Didier Drogba, do Chelsea, mas ambos não se conformaram com a falta de infraestrutura do clube e acabaram saindo em janeiro.

"Ao invés de gastar um monte de dinheiro para contratar astros internacionais, a CSL deveria melhorar a qualidade dos seus produtos. Sem um ambiente mais profissional, outros jogadores estrangeiros podem acabar saindo, como foi o caso de Drogba e Anelka", acrescentou o Diário do Povo.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade