6 eventos ao vivo

De olho em substituto de Neymar, Muricy elogia Giva: 'Dá muito trabalho'

18 mar 2013
11h34

Sem poder com o craque Neymar nos dois próximos jogos (Mirassol e Palmeiras), fruto de convocação para a Seleção Brasileira nos amistosos contra Itália e Rússia, o técnico Muricy Ramalho já começa a quebrar a cabeça para montar o ataque ideal para o Santos.

Empolgado com o rendimento do atacante Giva nos treinamentos e nos seus quatro primeiros jogos como profissional, o comandante fez elogios e deu sinais de que pode optar pela entrada do jogador ao lado de André, que marcou cinco gols nos últimos sete tentos do Peixe.

- É dificil entrar nas partidas da forma como o Giva entrou. Ele dá muito trabalho aos zagueiros. É um jogador que tem passadas largas, parece lento, mas não é. Precisamos ter mais paciência para vê-lo jogar - afirmou Muricy.

Destaque do Peixe no título da Copinha 2013, o jovem atacante disputa posição com o argentino Miralles, recém-recuperado de lesão muscular e que não atua há 39 dias. No último sábado, na vitória sobre o Guarani, ele ficou no banco de reservas, mas não foi utilizado. A jovem promessa, por sua vez, entrou no lugar de André na segunda etapa e deu trabalho a zaga bugrina.

Além de Miralles e Giva, o técnico Muricy conta com outras duas opções para o ataque: o atacante Patito Rodrígues e o atacante Victor Andrade, recuperado de lesão muscular que o afastou do confronto do último final de semana.

Para o meio de campo, o treinador alvinegro também terá de quebrar a cabeça. Isso porque Montillo, convocado para Seleção Brasileira, e Cícero, suspenso por terceiro amarelo, são desfalques certos contra o Mirassol, nesta quinta-feira.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade