1 evento ao vivo

Deco anuncia aposentadoria após várias lesões

26 ago 2013
12h31
atualizado às 12h33

O jogador Deco, nascido no Brasil e naturalizado português, de 35 anos, anunciou nesta segunda-feira a aposentadoria do futebol, em consequência das constantes lesões que o impediram de jogar com regularidade esta temporada no Fluminense.

"É com muita tristeza e pesar que comunico o fim de minha carreira como atleta profissional. Os últimos minutos na quarta feira pelo Fluminense foram os últimos dos 17 anos dentro de campo como jogador de futebol", afirma o jogador em um comunicado oficial, a respeito da partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil em que o Tricolor venceu o Goiás por 1-0.

Deco entrou no segundo tempo da partida, mas voltou a sentir nova lesão.

O Fluminense, com o qual Deco tem contrato até o fim do ano, se pronunciará durante a tarde sobre o anúncio do jogador.

"Gostaria muito de continuar até o final deste Brasileiro e ajudar a colocar a equipe novamente na Libertadores. Mas não estou conseguindo. Quero agradecer ao Fluminense, Celso Barros (presidente da empresa que patrocina o clube) e todos que trabalharam comigo nestes três anos e me deram a oportunidade de jogar no futebol brasileiro".

"Mais do que isso, pude participar e ajudar a conquistar dois títulos Brasileiros (2010 e 2012) e mais o Campeonato Carioca (2012). Fui muito feliz neste período no clube. Gostaria muito de ter ajudado muito mais o Fluminense, mas o meu corpo não me permitiu. Deixo claro que me dediquei, esforcei e muitos me apoiaram para que eu seguisse até o final do ano. Fisicamente poderia jogar, mas os meus músculos não suportam mais. Obrigado a todos e pela confiança e carinho".

Deco retornou ao futebol brasileiro em 2010, mas as lesões não permitiram que jogasse com regularidade. Em 92 partidas pelo Fluminense, fez sete gols.

Sua melhor temporada foi a de 2012, com 36 partidas e cinco gols, além dos títulos brasileiro e carioca.

Anderson Luis de Souza, Deco, nasceu em São Bernardo do Campo (São Paulo) e obteve a nacionalidade portuguesa em 2002 depois de ter jogado seis anos em times lusitanos.

Disputou com a seleção de Portugal as Eurocopas de 2004 e 2008, assim como as Copas do Mundo de 2006 e 2010.

Formado no Corinthians, jogou na Europa no Alverca, Salgueiros, Porto, FC Barcelona e Chelsea.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade