3 eventos ao vivo

Depois de sonhar com "trinca", Benfica tenta salvar temporada

25 mai 2013
15h37

O Benfica sonhou com uma temporada inesquecível em que seria campeão da Liga Europa, do Campeonato Português e da Taça de Portugal, mas a realidade foi completamente diferente, e vencer a final da última dessas competições, neste domingo, contra o Vitória de Guimarães se tornou praticamente uma obrigação.

A carruagem da equipe do técnico Jorge Jesus começou a virar abóbora há 15 dias, na derrota por 2 a 1 para o Porto, em clássico válido pela penúltima rodada do Português, ocorrida com um gol nos minutos finais. O revés fez com que os lisboetas perdessem a liderança da tabela, que não foi recuperada no último domingo, e tivessem que se contentar com o vice.

Entre os dois finais de semana, no último dia 15, ainda houve a decisão da Liga Europa, contra o Chelsea, e novamente o Benfica foi castigado nos acréscimos. Com um empate em 1 a 1 no placar, o lateral sérvio Branislav Ivanovic balançou a rede e deu a taça aos 'Blues'.

Uma vitória neste domingo no Estádio Nacional do Jamor, na cidade de Oeiras, não apagará os dois vice-campeonatos, mas servirá de alento para a torcida, que tem visto o rival Porto dominar o cenário local.

Do outro lado estará um time de menos expressão, mas que também tem "esqueletos no armário". O Vitória de Guimarães deu a volta olímpica em competições oficiais apenas uma vez, na Supertaça da temporada 1987/1998. Na Taça de Portugal, foram cinco derrotas em decisões, a última delas para o Porto, em 2011.

A favor do Benfica está o histórico na competição. As 'Águias' é o maior vencedor da Taça, com 24 conquistas, mas não sabe o que é ser campeão desde 2004.

Os olhares da torcida de Lisboa estarão principalmente sobre o técnico Jorge Jesus, que ainda não teve contrato renovado. Na entrevista coletiva prévia à final, ele revelou ter um sentimento especial pela Taça, a qual nunca obteve seja como jogador ou treinador, e garantiu que a motivação do time é total.

Jorge Jesus teve como boa notícia durante a semana a recuperação física do zagueiro Ezequiel Garay e do atacante Óscar Cardozo, liberados pelo departamento médico. O único desfalque confirmado é o do meio-campista Carlos Martins.

No Guimarães, o técnico Rui Vitória avisou em entrevista coletiva que a equipe está preparado para jogar contra o Benfica da final contra o Chelsea, em que, na sua opinião, o adversário fez uma de suas melhores exibições no ano.

Nos duelos entre ambos pelo Campeonato Português recém encerrado, o Benfica levou a melhor duas vezes, vencendo por 3 a 0 no estádio da Luz em novembro e por 4 a 0 em 17 de março, em Guimarães.

Jorge Jesus conta em seu elenco com os brasileiros Artur, Luisão e Lima, que deverão ser titulares, além do também goleiro Júlio César e do também zagueiro Jardel. Rui Vitória, por sua vez, tem à disposição sei representantes do país, dos quais o goleiro Douglas, o zagueiro Kanu e o meia Leonel Olímpio provavelmente começarão jogando.

Prováveis escalações:.

Benfica: Artur; Maxi Pereira, Luisão, Garay e Melgarejo; Matic, Gaitán, Enzo Pérez e Salvio; Lima e Óscar Cardozo. Técnico: Jorge Jesus.

Vitória de Guimarães: Douglas; Alex, Kanu, Paulo Oliveira e Addy; André, Tiago Rodrigues e Leonel Olímpio; Baldé, Ricardo Pereira e Soudani. Técnico: Rui Vitória.

Árbitro: Jorge Sousa, auxiliado por Bertino Miranda e Álvaro Mesquita.

Estádio Nacional do Jamor, em Oeiras.

EFE   

compartilhe

publicidade
publicidade