1 evento ao vivo

Deputado pede audiência com Mancha, Gaviões, Conmebol e CBF

14 mar 2013
13h07
atualizado às 14h33
  • separator
  • 0
  • comentários

O deputado federal Geraldo Thadeu (PSD-MG) fez o requerimento na Câmara de uma sessão de audiência pública com os presidentes da Mancha Alviverde, Marcos Ferreira, da Gaviões da Fiel, Antônio Alan Souza Silva, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, e da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), Nicolas Leoz.

<p>Morte de Kevin fez com que Corinthians atuasse com portões fechados em jogo pela Libertadores</p>
Morte de Kevin fez com que Corinthians atuasse com portões fechados em jogo pela Libertadores
Foto: Marcelo Pereira / Terra

&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/esportes/infograficos/selecoes-estaduais/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/esportes/infograficos/selecoes-estaduais/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;

A reunião faria parte da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, da qual ele é titular. A decisão do político de fazer este encontro se deu, pelo lado palmeirense, por conta do tratamento que os torcedores receberam em Assunção, no Paraguai, para o jogo diante do Libertad - derrota por 2 a 0.

De acordo com o requerimento, os brasileiros, ao chegarem no estádio, foram submetidos “a uma revista detalhada pela polícia local apreendendo fogos de artifício, sinalizadores e impedindo a entrada de torcedores sob a determinação de tolerância zero nos testes com bafômetros”.

A atitude, contudo, não foi a mesma com os torcedores locais, ainda segundo o documento. Isto porque nenhum paraguaio passou pelo bafômetro e eles puderam utilizar sinalizadores e fogos de artifício no estádio. “O tratamento diferenciado com os brasileiros foi desnecessário, constrangedor e requer um esclarecimento da razão deste ocorrido”, alega o deputado no requerimento.

Pelo lado do Corinthians, Geraldo Thadeu quer explicações sobre os incidentes ocorridos no dia 20 de fevereiro, na partida contra o San José, na Bolívia. Kevin Espada, 14 anos, torcedor do clube boliviano, foi morto após ser acertado por um sinalizador naval, atirado por um torcedor alvinegro.

Segundo o pedido, “tal fatalidade poderia ter sido evitada e requeremos esclarecimentos das medidas e penalidades que estão sendo tomadas com os infratores”. Doze corintianos foram detidos por conta da morte de Kevin e ainda estão em Oruro por serem parte da investigação do caso. H. A. M, 17 anos, porém, disse ao voltar ao Brasil que foi ele o autor do disparo. Nesta quinta, a organizada alvinegra deve mandar um novo habeas corpus para tentar tirar os brasileiros da prisão na Bolívia.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade