2 eventos ao vivo

Dida oficializa saída do Milan e agradece aos dirigentes

1 jul 2010
14h40
atualizado às 15h22

O goleiro Dida oficializou nesta quinta-feira sua saída do Milan, da Itália, com agradecimentos ao premier italiano e proprietário do clube, Silvio Berlusconi, ao vice-presidente e administrador, Adriano Galliani, e ao diretor desportivo, Ariedo Braida. As informações são da Agência Ansa.

"Hoje é o primeiro dia, depois de dez anos" no time, afirmou Dida, que disse que preferiu esperar o fim do contrato para "cumprimentar afetuosamente todos os torcedores do Milan".

Além dos cartolas e da torcida da equipe, o brasileiro também agradeceu, por meio do site oficial do Milan, a todos "os companheiros", em especial ao treinador Carlo Ancelotti, "que me permitiu jogar nesta fantástica equipe e com o qual passei grande parte da minha vida rubro-negra".

Nos últimos dias, especulava-se na imprensa italiana que o goleiro poderia voltar ao Corinthians, em substituição de Felipe. Outro time que teria tentado levar o jogador é o Santos.

Dida teria propostas de Corinthians e Santos para voltar ao futebol brasileiro
Dida teria propostas de Corinthians e Santos para voltar ao futebol brasileiro
Foto: AP
Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade