11 eventos ao vivo

Diego Souza quer usar apoio do torcedor como motivação para o título

18 mai 2013
16h04

Os últimos dias da preparação cruzeirense para o clássico deste domingo foram de muito apoio e confiança em um placar que traga o título mineiro para o time celeste. Na semana posterior ao triunfo do Atlético-MG por 3 a 0 no Independência, jogadores e comissão técnica da Raposa conversaram entre si e com os diretores do clube para reverter a situação.

Camisa 10 celeste e uma das maiores esperanças da China Azul para alcançar o título estadual, Diego Souza mostra confiança e afirma que a derrota para o Galo já ficou para trás. O pensamento, agora, é de fazer uma bela partida e impedir o título do rival.

- O espírito tem que ser outro. Já apagamos da memória aquele jogo. Nossa equipe não conseguiu produzir. Agora, é um jogo diferente. Estamos com nosso torcedor, em nossa casa e temos que impor nosso ritmo, fazer que o outro lado sinta nossa presença e buscar a vitória - disse Diego.

Para isso, os joagdores do elenco de Marcelo oliveira contaram e deverão contar com enorme torcida da nação estrelada, dentro e fora do Mineirão. Além da visita ao CT, na tarde da última quinta-feira, os torcedores do Cruzeiro ainda prometem acompanhar o time da Toca da Raposa até o Mineirão, ainda antes de fazer uma festa para empurrar a equipe rumo à vitória. A iniciativa dos torcedores surpreendeu, e foi aprovado pelo meio-campista cruzeirense.

- Fazia tempo que não via uma mobilização tão grande assim, de uma torcida à espera do resultado. Sabemos como somos cobrados no Brasil. Depois de um clássico com derrota por 3 a 0, é bom ter o apoio do torcedor, que vai lotar e nos apoiar - disse Diego Souza, antes de completar:

- O que tenho a dizer é que nosso grupo está bastante motivado, sabe da dificuldade, mas que acreditamos. Amanhã, é suar sangue e buscar os gols necessários - concluiu.

Na tarde deste domingo, às 13h, torcedores do Cruzeiro pretendem comparecer mais uma vez à Toca da Raposa para uma carreata em direçãoao Mineirão. Lá, mais de 40 mil pessoas estarão aguardando pela chegada do clube, antes do confronto decisivo diante do rival Atlético-MG. Para ser campeão, o Cruzeiro precisa vencer por um placar de 3 a 0 ou qualquer outro com três gols de diferença.

O espírito tem que ser outro. Já apagamos da memória aquele jogo. Nossa equipe não conseguiu produzir. Agora, é um jogo diferente. Estamos com nosso torcedor, em nossa casa e temos que impor nosso ritmo, fazer que o outro lado sinta nossa presença e buscar a vitória.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade