1 evento ao vivo

Diretor do Tottenham reconhece que será "difícil" manter Bale

7 ago 2013
09h04
atualizado às 11h37
  • separator
  • 0
  • comentários

O diretor do Tottenham, Keith Mills, reconheceu que será "muito difícil" manter o galês Gareth Bale, que deseja ir para o Real Madrid, segundo publicam nesta quarta-feira os meios de comunicação britânicos.

<p>Real quer pagar 120 milhões de euros por Bale</p>
Real quer pagar 120 milhões de euros por Bale
Foto: Getty Images

Em declarações ao jornal londrino Evening Standard, Mills admitiu que o clube quer manter o galês, embora o jogador "esteja desesperado" para deixar a equipe.

"Desejamos de verdade que o Bale fique. Se um jogador está desesperado para deixar a equipe é muito difícil forçá-lo a continuar", manifestou o diretor do Tottenham, que poderia receber uma quantia de 120 milhões de euros (cerca de R$ 360 mi) pela venda do jogador ao Real Madrid.

"Vimos o mesmo caso em outras equipes, inclusive com contrato assinado. Não se pode forçar ninguém", lamentou Mills.

Bale, 24 anos, renovou no ano passado com o clube até 2016, com um salário de 75 mil libras semanais (mais de R$ 1 milhão por mês), mas há vários meses outros clubes vêm demonstrando interesse em contar com o jogador.

Apesar de ter se ausentado do último amistoso que o Tottenham disputou contra o Monaco de Falcao García, o galês se apresentou nesta terça no campo de treinamento do Tottenham, onde passou cinco horas.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade