0

Dunga: "na Copa do Mundo, jogo até com uma perna só"

11 ago 2009
19h30
atualizado às 19h35

Dunga conquistou o grupo da Seleção Brasileira. Desde que assumiu o cargo, após a eliminação na Copa do Mundo da Alemanha, em 2006, implantou seu método de trabalho e foi bem aceito por todos lá dentro.

» Veja fotos do treino da Seleção
» Seleção encara desconhecido e ignora Argentina
» Estônia comete gafe e "inventa" jogador brasileiro
» No menor estádio da era Dunga, ingressos encalham
» Machucado, Ramires desfalca Seleção na Estônia
» Brasileiros têm praia, samba e churrasco na Estônia
» Dunga diz que amistoso na Estônia será "festa grega"

Alguns jogadores perderam espaço, como Ronaldinho Gaúcho, mas os que ficaram bancaram o treinador. E os resultados apareceram. Campeão da Copa América e da Copa das Confederações. 10 vitórias e um empate nos últimos 11 jogos. As críticas sumiram.

Nas entrevistas coletivas, Dunga sempre faz questão de destacar aquele jogador que toma atitudes para o bem do grupo. E o fez novamente após o treino da Seleção nesta terça-feira em Tallinn, o primeiro e único antes do amistoso de quarta contra a Estônia.

Perguntado se outros jogadores teriam chances nas futuras convocações, ele foi direto. ¿Vão ter que esperar. Os que estão aqui estão bem, mantendo a regularidade, o compromisso e o sacrifício. Teve nego que chegou da China para jogar com a Seleção¿, afirmou.

O "nego" em questão é o trio brasileiro da Inter de Milão. Júlio César, Maicon e o capitão Lúcio estiveram em Pequim no último sábado para disputar a Supercopa da Itália. Chegaram à Estônia no começo da tarde de terça e duas horas depois estavam em campo treinando. Ganharam pontos com Dunga.

"Tenho que levar em conta quem queria ir para a Copa América, para a Copa das Confederações, quando estava de férias. Na Copa do Mundo até eu quero jogar. Mesmo com uma só perna eu quero jogar", finalizou, em tom de brincadeira.

Dunga gostou do comprometimento do trio de jogadores da Inter de Milão
Dunga gostou do comprometimento do trio de jogadores da Inter de Milão
Foto: AFP
Fonte: Terra
publicidade