0

Dupla gringa brilha, Botafogo goleia Nova Iguaçu e assegura primeiro lugar

14 abr 2013
18h07
atualizado às 18h21

Mais uma grande exibição. Mais uma uma vitória contundente e a primeira colocação no Grupo A da Taça Rio, assegurada. Este é o Botafogo, com 100% de aproveitamento no segundo truno, e que, neste domingo, venceu o Nova Iguaçu, por 4 a 1, em Moça Bonita. Mais um espetáculo comandado pelos dois gringos do time alvinegro, Seedorf, autor de um gol e, Lodeiro, que fez outros dois. Dieguinho fez o gol do time da Baixada e Vitinho, fechou o placar.

Com 18 pontos, o Botafogo não pode mais ser alcançado pelo Volta Redonda. Assim, assegurou a vantagem de jogar com a vantagem do empate na semifinal. Já o Nova Iguaçu, permanece no terceiro lugar, com oito pontos ganhos.

Depois de mais esta vitória no Estadual, o Botafogo passa a pensar na estreia na Copa do Brasil, quarta-feira, 22h, no Distrito Federal, contra o Sobradinho, no estádio Bezerrão. No Carioca, o o time volta a jogar domingo, às 16h, contra o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira. No mesmo dia e horário, o Nova Iguaçu encerra sua participação no campeonato contra o Olaria, na Rua Bariri.

PRIMEIRO TEMPO: SEEDORF ABRE O PLACAR

Classificado para a semifinal da Taça Rio, o Botafogo entrou em campo neste domingo com sete alterações na equipe em relação ao último jogo. Com as fortes chuvas que caíram no Rio de Janeiro no fim de semana, o gramado de Moça Bonita estava com poças d'água quando a bola rolou. Entretanto, isso não foi obstáculo para os alvinegros desenvolverem seu futebol.

Com a boa fase de Seedorf e Loureiro, mais a velocidade de Vitinho, substituto de Fellype Gabriel, um dos poupados do por Oswaldo de Oliveira, o Botafogo dominou o jogo desde o início. No entanto, o time não conseguia concluir as jogadas criadas com perfeição. Já o Nova Iguaçu, pouco chegava à frente da área de Jefferson. Quando conseguiam, não concluíam.

Donos do meio-campo, Seedorf e Lodeiro logo se encarregaram de encerrar essa dificuldade e, aos 22, o holandês abriu o placar depois de passe do uruguaio. Na jogada, o camisa 10 tabelou com Lodeiro, que foi a linha de fundo pelo lado direito e, de perna direita, colocou na cabeça de Seedorf, que mandou para as redes.

No restante da primeira etapa, o Botafogo apenas administrou o placar. O time da Baixada, sem força ofensiva, não conseguiu dar trabalho para a defesa alvinegra e sequer criou um lance de perigo nos 45 minutos iniciais.

SEGUNDO TEMPO

O time do Botafogo retornou para o segundo tempo com uma alteração. Renato saiu para a entrada de Jadson. O experiente volante, que voltava ao time titular, deixou o campo por precaução, já que, segundo o técnico Oswaldo de Oliveira, ele ainda requer um tempo para voltar a sua antiga forma física.

A mudança não mudou muita coisa no meio-campo do Botafogo, que apenas administrava a partida. No entanto, Lodeiro ótimo passe de Seedorf e quase ampliou o marcador, aos 3 minutos. Aos 12, Bruno Mendes, que marcou apenas um gol no campeonato, arrancou, trombou com o zagueiro e chutou, mas a bola foi na trave. No rebote, Lodeiro apareceu e mandou para a rede.

O Nova Iguaçu, perdido em campo, tentava sair, mas, com um de seus elencos mais fracos do últimos anos, não conseguia assustar o goleiro Jefferson. Jogando com uma facilidade imensa, Seedorf e Lodeiro articulavam a maioria das jogadas ofensivas do Botafogo. Assim, aos 24 minutos, em outra jogada tramada pelos dos gringos, Seedorf balançou, gingou para cima do lateral-esquerdo do Nova Iguaçu, Ualace, e retribuiu o passe do gol dele no primeiro tempo, cruzando na cabeça de Lodeiro, que de peixinho, ampliou. Botafogo 3 a 0.

Depois disso, o Botafogo teve outras oportunidades, mas não conseguiu mais chegar ao gol do Nova Iguaçu. Já a equipe da Baixada, chegou ao seu gol aos 41. Em uma bobeira da defesa alvinegra, Dieguinho recebeu livre, Jefferson saiu mal, e o atacante mandou para a rede. Era tarde demais para a equipe laranja esboçar um reação.

Ainda teve mais um tempo para mais um gol do Botafogo. Em uma jogada bem trabalhada, Lucas cruzou e Vitinho apareceu livre para marcar. 4 a 1. Mais uma grande apresentação do melhor time do campeonato, que caminha com segurança para as finais do segundo turno em busca do título do Estadual.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 4 X 1 NOVA IGUAÇU

Local: Moça Bonita, Rio de Janeiro (RJ)

Data-Hora: 14/4/2013 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos (RJ)

Auxiliares: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Jackson Lourenço dos Santos (RJ)

Cartões amarelos: Vitinho (BOT)

Cartões vermelhos: -

Gols: Seedorf 22'/1ºT (1 a 0), Lodeiro 12'/2ºT) (2 a 0), Lodeiro 24'/2ºT (3 a 0), Dieguinho 41'/2ºT (3 a 1), Vitinho 43'/2ºT (4 a 1)

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Antônio Carlos (Dória 25'/2ºT), André Bahia, e Lima; Gabriel (Julio Cesar 29'/2ºT) e Renato; Lodeiro, Seedorf e Vitinho; Bruno Mendes - Técnico: Oswaldo de Oliveira.

NOVA IGUAÇU: Jeferson, Marcelinho, Leonardo, Sílvio e Uallace; Filipe (Márcio Guerreiro, 16'/2ºT), Léo Salino, Rodrigo Souza e Maycon; Thiago Correa (Dieguinho, 21'/2ºT) e Glauber (Belarmino 25'/2ºT) - Técnico: Leonardo Condé.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade