0

É campeão! Pelotas vira para cima do Inter e levanta Recopa gaúcha em casa

13 jan 2014
22h38
atualizado às 22h57

A temporada começou no Rio Grande do Sul. Na final da Recopa gaúcha, o Pelotas virou para cima do time sub-23 do Internacional, na Boca do Lobo, e, mesmo com um jogador a menos durante quase toda a partida, sagrou-se campeão da primeira edição da competição. Felipe Garcia fez dois gols e foi destaque do 3 a 2 - César Santiago deixou o seu. Cláudio Winck também marcou duas vezes pelo Colorado.

GOLAÇOS

A decisão iniciou movimentada. Logo aos cinco minutos, com a chuva, o árbitro Jean Pierre pediu que os refletores fossem acesos e o jogo foi paralisado por quatro minutos. Com 11 minutos, o camisa 10 do Pelotas, Lucas, foi expulso após levar o segundo cartão amarelo, por simulação. Com um a mais, o Inter passou a jogar melhor. Em sua primeira chegada, gol. Aos 16, Cláudio Winck aproveitou rebote de Paulo Sérgio em cabeçada de Jean e empurrou para as redes.

Paulo Porto resolveu agir. Mudou em duas posições. Tirou o centroavante Sandro Sotilli, ídolo gaúcho, e o volante Carlos Alberto, com passagens por Botafogo e Juventude, e colocou Felipe Guedes e Felipe Garcia. Este último passou a amedrontar a defesa do Inter em velocidade.

O jogo se encaminhava para o final do primeiro tempo quando pegou fogo. Cláudio Winck, em cobrança de falta, marcou o segundo colorado, aos 43. Um golaço. Acertou o ângulo de Paulo Sérgio, que voou inutilmente. Aos 44, após a saída de bola, Felipe Garcia emendou um belo chute de fora da área e foi a vez de Alisson se mexer sem nenhuma efetividade.

VIRADA NA RAÇA

O segundo tempo começou com uma chuva mais forte ainda que no primeiro. As equipes mantiveram um jogo pegado, com muita disputa de espaço e força física. Aos 19, Nathan perdeu chance cara a cara com o goleiro Paulo Sérgio. Após lançamento de Gladstony, o atacante adentrou a área, mas finalizou sobre o gol pelotense.

Aos poucos, o Pelotas crescia no jogo. Empurrado pela torcida, parecia não sentir a ausência de um jogador. Cesar Santiago, aos 24 minutos, aparou rebote na entrada da área e bateu colocado. Empatou o jogo e levou à loucura a torcida áureo-cerúlea. Era apenas o início. Aos 28, Felipe Garcia aproveitou passe pelo alto de Bruno Salvador, que escorou para o atacante empurrar para o gol vazio e virou a partida para o Pelotas.

Pouco mais de 10 minutos antes do final da partida, aos 38 minutos, o zagueiro Thales foi expulso após entrada em Mithyuê. O Pelotas segurou a vitória até o final e levantou a taça em cima do Colorado.

FICHA TÉCNICA

PELOTAS 3 X 2 INTERNACIONAL

Local: Estádio Boca do Lobo, em Pelotas (RS)

Data-Hora: 13/01/2014 – 20h30

Árbitro: Jean Pierre Lima

Auxiliares: Marcelo Oliveira e Cláudio Gonçalves

Cartões amarelos: Lucas, Fred, Tiago Gaúcho, Mithyuê (PEL) Aylon (INT)

Cartões vermelhos: Lucas (PEL) Thales (INT)

Gols: Cláudio Winck – 16’/1°T (0-1), 43’/1°T (0-2), Felipe Garcia – 44’/1°T (1-2), 28’/2°T (3-2), César Santiago – 24’/2°T (2-2)

PELOTAS: Paulo Sérgio; Igor, Bruno Salvador, Fred e Carlos Alexandre (Alex – 20’/2°T); Gaúcho, César Santiago, Carlos Alberto (Felipe Garcia 31’/1°T/ Lucas Bahia - 39'/2°T) e Lucas; Jefferson (Mithyuê – 12’/2°T) e Sandro Sotilli (Felipe Guedes – 31’/1°T) – Técnico: Paulo Porto.

INTERNACIONAL: Alisson; Cláudio Winck, Jean, Thales e Raphinha; Rodrigo Dourado, Bertotto, Gladstony (Alex Nemetz – 27’/2°T) e Reis (Bruno Gomes – 20’/2°T); Aylon e Nathan (Fernando Baiano – 30’/2°T) – técnico: Clemer.

Fonte: Lancepress! Lancepress!

compartilhe

publicidade