Eliminatórias Mundial 2010

Eliminatórias Mundial 2010

Quinta, 18 de outubro de 2007, 00h12 Atualizada às 17h59

Após goleada, Dunga faz elogio a zagueiros

Mesmo com o espetáculo apresentado no segundo tempo pelo trio formado por Ronaldinho, Kaká e Robinho, o técnico Dunga fez questão de ressaltar o bom desempenho do setor defensivo da Seleção Brasileira após a goleada sobre o Equador, por 5 a 0, no Maracanã.

» Veja as fotos
» Assista ao vídeo em que Juan diz que Seleção retribuíu carinho da torcida
» Brasil supera vaias e goleia Equador

Para o treinador, a atuação dos zagueiros brasileiros foi o que fez diferença para que os meio-campistas e atacantes atuassem bem na partida.

"O fator primordial foi a forma compacta e sólida da nossa defesa, que manteve o equilíbrio e não deu chance para o adversário. Aos poucos no segundo tempo, o time foi se soltando e os gols foram acontecendo naturalmente".

Apesar da goleada, o técnico brasileiro afirmou que o Equador foi um time que dificultou o jogo para a Seleção. "Eu não vi o Equador uma equipe fraca. Vi um time com toque de bola muito bom, que dificultou o Brasil no primeiro tempo", disse.

"Quando no segundo tempo nós jogamos mais perto um do outro, fazendo mais jogadas pela linha de fundo, o talento do Brasil prevaleceu. As coisas aconteceram porque o time produziu e não pela fragilidade do adversário".

Elogiados por Dunga, os zagueiros brasileiros disseram que estão cada dia mais entrosados. Titulares desde a Copa do Mundo de 2006, os defensores disseram que ganharam maturidade ao longo do tempo.

"Acredito que a gente sempre vem trabalhando para fazer o melhor para ajudar a Seleção Brasileira e estamos conseguindo", disse Lúcio.

"A gente conversou muito depois da Copa, refletindo sobre o que aconteceu. Procuramos passar tranqüilidade para o time. É importante sair com o dever cumprido, ainda mais aqui no Maracanã", completou Juan.

  • Imprima esta notícia
  • Envie esta notícia por e-mail
EFE Jogadores do Brasil comemoram um dos gols na goleada sobre o Equador Jogadores do Brasil comemoram um dos gols na goleada sobre o Equador

Busca

Busque outras notícias no Terra: