Eliminatórias Mundial 2010

Eliminatórias Mundial 2010

Segunda, 16 de junho de 2008, 12h43 Atualizada às 15h32

A investidores, Lula diz que Seleção daria prejuízo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou a investidores, na sede da Bovespa, em São Paulo, que se a Seleção Brasileira possuísse ações na bolsa de valores, elas estariam hoje em baixa. Corintiano, o presidente disse que, por outro lado, as hipotéticas ações do Corinthians estariam em alta após a sexta vitória consecutiva do time na Série B do Campeonato Brasileiro.

» Fotos de Paraguai x Brasil
» Assista ao vídeo
» ESPN 360: Dunga minimiza derrota
» Dunga diz que pensará em mudanças

A afirmação foi dada um dia depois da derrota do Brasil por 2 a 0 para o Paraguai, em Assunção, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010. No sábado, o Corinthians venceu o Brasiliense por 4 a 1, pela sexta rodada da segunda divisão nacional.

"Se o Corinthians estivesse na bolsa, na Série B, estaria dando um alto crescimento na bolsa. E se o Brasil (Seleção) estivesse na bolsa, a gente estaria hoje com um pregão de baixa. De qualquer forma, nós queremos que a derrota não mexa com a expectativa dos investidores brasileiros, porque foi uma derrota muito eventual", disse, referindo-se ao time comandado pelo técnico Dunga.

Lula esteve na Bovespa a convite da entidade. Ele foi homenageado pelo fato de o Brasil ter recebido a classificação de grau de investimento das agências de risco. Ao lado dele estavam o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, entre outras autoridades.

  • Imprima esta notícia
  • Envie esta notícia por e-mail

Busca

Busque outras notícias no Terra: