0

Em estreia de Vargas, Grêmio perde e sai em desvantagem contra LDU

24 jan 2013
00h04
atualizado às 00h08

Não foi como os gremistas esperavam. Não foi como deveria ser, se houvesse justiça no futebol. Apesar de jogar melhor, o Grêmio perdeu a primeira partida da Copa Libertadores da América por 1 a 0 para a LDU, em Quito. Sem sentir a altitude, os tricolores criaram e empilharam chances perdidas, principalmente com Marcelo Moreno, e voltaram em desvantagem do Equador.

A partida contou com a estreia de Eduardo Vargas, que havia chegada nesta quarta-feira em solo equatoriano, com boa movimentação no ataque. O atacante chileno se movimentou pelos dois lados do campo, puxou contra-ataques em velocidade e não transpareceu o pouco tempo de clube - iniciou a treinar, em Porto Alegre, na segunda-feira.

Agora, a decisão fica para a partida em Porto Alegre, marcada para o dia 30, na Arena. O Tricolor precisa vencer por dois gols de diferença para garantir passagem para a fase de grupos da competição continental. Empate e derrota com um gol de diferença, marcando fora de casa, dá classificação para a LDU.

PRIMEIRO TEMPO SEM MUITA EMOÇÃO

O Estádio Casablanca recebeu público aquém do esperado. O ambiente contrário ao Grêmio, então, diminuiu. O problema da altitude havia sido superado com a preparação – os jogadores não relataram problemas. Assim, a primeira partida da corrida pelo tri da Libertadores teve apenas a qualidade da LDU, mesmo, como adversário.

Os equatorianos iniciaram na pressão sobre o Tricolor gaúcho. As principais jogadas saíam pelos lados, com cruzamentos altos na área gremista. Alguns levaram perigo: Garcés conseguiu completar de cabeça. Saimon desviou passe rasteiro e a bola cruzou a área de Dida para escanteio. Bauza precisou trocar seu ala esquerdo, Rojas, com menos de 10 minutos de jogo. Reasco passou para a esquerda e Urrutia entrou no time.

O Grêmio só conseguiu chegar na área adversário aos 24 minutos. Antes, mal trocava passes no time ofensivo. Com Tony, pela direita, o Tricolor descolou cruzamento. Domínguez ficou vencido e Moreno desviou pela linha de fundo. A partir daí, dominou a partida. Não correu risco – Dida não fez nenhuma defesa – e ainda levou perigo em chute de Elano e cabeçada de Willian José. O árbitro Wilmar Roldan apitou fim do primeiro tempo em um escanteio gremista.

ESTREIA-RELÂMPAGO DE VARGAS

A grande atração, na volta dos vestiários do Casablanca, foi Vargas. Luxemburgo sacou o centroavante Willian José e colocou o chileno para fazer sua estreia com a camisa tricolor. O atacante chegou nesta quarta-feira, no início da tarde, no Equador. Logo nos primeiros instantes, o reforço mostrou à que veio: deu passe para Tony colocar para Moreno dentro da área. O camisa 9 perdeu chance com Domínguez já fora do gol, semelhante ao lanço do primeiro tempo.

Na sequência, o Grêmio enfilerou chances perdidas. Pará e Souza obrigaram o goleiro equatoriano a trabalhar – e bem. Com suas meias arriadas, Vargas recebeu os holofotes no segundo tempo. Tabelou, prendeu bola e foi para cima dos zagueiros. Procurava o jogo. Nem parecia que é jogador gremista apenas desde segunda-feira. Aos 12, a LDU chegou, com cruzamento. Este expediente era a única maneira que os equatorianos conseguiam levar perigo.

O gol parecia questão de tempo. Aos 15 minutos, Souza desviou cobrança de falta de Elano e acertou o travessão de Domínguez. Depois de Dida afastar dois levantamentos de soco, Vargas puxou contra-ataque aos 22. Moreno, porém, finalizou sobre o gol da LDU. Zé assustou após pivô do centroavante em arremate da entrada da área. O Grêmio era melhor no jogo e por vezes pressionava os mandantes. Mas faltava a grande chance para finalizar a partida. Em um lance aos 28, Dida recebeu pancada no ombro direito e teve de deixar a partida. Entrou Marcelo Grohe, que terminou 2012 em alta e era pedido pela torcida, ao seu “lado” após a contratação do experiente.

E o gol de fato saiu. Só que para o lado que não atacava. A LDU abriu o placar após novo cruzamento na área, de Arboleda, da esquerda. Vera finalizou, Grohe espalmou e a bola pegou no travessão. Saritama bateu, o goleiro gremista fez nova defesa, mas a sobra ficou com Feraud, que completou para a meta vazia, aos 30 minutos. Uma azar tremendo do goleiro, sem culpa, mas marcado pelo gol com menos de um minuto em campo.

O Grêmio até teve chances – aos 37, Moreno cabeceou livre e perdeu a chance de empatar -, mas arrefeceu o ritmo depois do gol sofrido. Teve posse de bola no campo ofensivo, contou com boas arrancadas de Vargas em sua estreia, mas desperdiçou, como no caso do centroavante. Fernando ainda acertou a trave antes do final da partida.

FICHA TÉCNICA

LDU 1 X 0 GRÊMIO

Local: Estádio de Liga Deportiva Universitaria (Casa Blanca), Quito (EQU)

Data/hora: 23/1/2012 – 22h (de Brasília)

Árbitro: Wilmar Roldan (COL)

Auxiliares: Eduardo Diaz (COL) e Alexander Guzman (COL)

Cartões amarelos: Marco Antônio (GRE) Vera, Morante (EQU)

GOLS: Feraud – 30’/2ºT (1-0)

LDU: Domínguez, Canuto, Araujo e Morante;Reasco, Vera, Hidalgo, Feraud e Rojas (Urrutia – 9’/1ºT) (Arboleda – 25’/2ºT); Garcés e Vitti (Saritama – 10’/2ºT) – Técnico: Edgardo Bauza.

GRÊMIO: Dida (Marcelo Grohe – 29'2ºT), Tony, Saimon, Cris e Pará; Fernando, Souza, Elano (Marco Antônio – 23’/2ºT) e Zé Roberto; Willian José (Eduardo Vargas – intervalo) e Marcelo Moreno – Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Fonte: Lancepress! Lancepress!

compartilhe

publicidade