0

Em estreia no Gauchão, sub-23 do Internacional bate o São Luiz com tranquilidade

18 jan 2014
19h23
atualizado às 19h28

Na primeira rodada do Campeonato Gaúcho, o time sub-23 do Internacional não teve dificuldades para vencer o São Luiz por 2 a 0, no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS). Os gols foram marcados por Cláudio Winck e Aylon.

Com a vitória, o Colorado assumiu a liderança temporária do Grupo A, enquanto o São Luiz está na lanterna. Na próxima rodada, o Inter irá enfrentar o Novo Hamburgo no mesmo estádio da estreia, e o São Luiz medirá forças contra o Juventude, no Estádio 19 de Outubro, em Ijuí (RS).

O JOGO

Os jogadores comandados por Clémer começaram a partida com mais posse de bola. Aos sete minutos, Thales desperdiçou uma chance claríssima de gol, após cobrança de escanteio. A bola foi desviada na primeira trave e o zagueiro não pegou em cheio, passando com perigo por cima do gol adversário.

No entanto, a torcida do Inter não demorou muito para comemorar, pois logo em seguida, Cláudio Winck - que já havia marcado os dois gols do Inter contra o Pelotas pela Recopa Gaúcha-, avançou pela direita, ajeitou a bola para o meio e acertou um belo chute com a perna esquerda no ângulo direito de Alê, que nada pode fazer para evitar o gol.

O lance mais perigoso do São Luiz no primeiro tempo foi uma falta cobrada por Aloísio aos 12 minutos. A bola, depois de passar no meio da barreira, passou raspando a trave esquerda de Alisson. A partir daí, a partida deu uma esfriada, com os dois times brigando pela bola no meio-campo. Aos 39, o Inter fez o segundo com Alex Nemetz, no entanto, o assistente José Antônio Franco Filho, anulou equivocadamente o gol, alegando que Aylon, que estava em posição legal, atrapalhou o goleiro Alê.

Na segunda etapa, o Inter voltou avassalador. Nos dez primeiros minutos, os colorados tiveram ao menos oito chances de ampliar o marcador. Numa delas com êxito, depois de Gladestony cruzar pela direita, Aylon antecipou-se a Alê, que saiu mal, e cabeceou para o fundo do gol: 2 a 0. A exemplo do primeiro tempo, a partida esfriou depois dos 15 minutos, com o Internacional administrando o placar, apesar de ter espaço para atacar.

Quando o cronômetro marcava 27, o São Luiz teve o seu momento de maior perigo na segunda parte do jogo. Paraná cobrou falta pela direita e Marcel, livre, cabeceia fraco demais. O goleiro Alisson não teve dificuldades para fazer a defesa. Até o fim da partida, o Inter sempre esteve mais perto de fazer o terceiro do que o São Luiz diminuir a diferença no placar, contudo, o resultado não foi mais alterado.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 2X0 SãO LUIZ

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)

Data-Hora: 18/01/2014 - 17h

Árbitro: Diego Almeida Real

Auxiliares: José Antônio Franco Filho e Luiz Beiersdorf Flor

Renda e público: Não divulgado

Cartões amarelos: Ruan (INT), Rodrigo Dourado; Mateus, João Paulo (SLU)

Cartões vermelhos:

Gols: Cláudio Winck 8'/1ºT (1-0), Aylon 5'/2ºT (2-0);

INTERNACIONAL: Alisson; Cláudio Winck (Diogo - intervalo), Jean, Thales e Raphinha; Rodrigo Dourado, Gladestony, Alex Nemetz (Alex Santana 23'/2ºT) e Reis; Aylon e Ruan (Fernando Baiano 11'/2ºT) - Técnico: Clemer.

SÃO LUIZ: Alê; Júnior Barbosa, Rodolfo, Marcel e Élton Macaé (Adilson Bahia - intervalo); Paraná, João Paulo, Mateus e Aloízio; Ronaldo Capixaba (Fábio Alemão 25'/2ºT)e Jones (Bruno Flores 13'/2ºT) - Técnico: Beto Almeida.

Fonte: Lancepress! Lancepress!

compartilhe

publicidade
publicidade