3 eventos ao vivo

Em jogo bastante disputado, Fluminense e Vitória empatam no Barradão

7 ago 2013
21h31
atualizado às 21h44
  • separator

Fluminense e Vitória disputaram um jogo de extremos no Barradão. Enquanto o Rubro-negro foi muito superior na primeira etapa e abriu o placar, o Tricolor dominou o segundo tempo, chegou à igualdade e por pouco não saiu vencedor. Com o empate, o Flu chegou aos 14 pontos, já o time baiano foi a 20.

Na próxima rodada, o Fluminense enfrentará o Flamengo, às 16h, no Maracanã. Por sua vez, o Vitória vai a São Paulo encarar o Corinthians, às 16h, no Pacaembu.

VITÓRIA COMEÇA BEM E SAI EM VANTAGEM

O Fluminense começou a partida tocando a bola, mas esbarrava num Vitória bem postado em campo, que impossibilitava a criação tricolor e saía bem em velocidade. Logo aos seis minutos, o Rubro-negro baiano recuperou a posse na intermediária e abriu o placar com Max Biancucchi, que chutou rasteiro, no canto, sem chances para Diego Cavalieri.

O gol não alterou o panorama do confronto. O primeiro ataque do Flu ocorreu apenas aos 10', quando Wágner arriscou de fora e a bola passou ao lado do gol. O time baiano chegava bem pelos dois lados do campo e levava perigo a uma defesa insegura do adversário.

A partir dos 20', finalmente o Tricolor foi se encontrando em campo e passou a tocar a bola com tranquilidade, na intermediária. Contudo, o Vitória seguia mais perigoso. O time de Luxa se movimentava pouco e a melhor alternativa era o jovem Igor Julião.

Aos 29', Felipe arriscou de fora e quase marcou. Pouco depois, Euzébio saiu jogando de forma equivocada e Biancucchi arrematou, obrigando Cavalieri a espalmar. O Flu seguiu sem assustar e o jogo ganhou um ritmo mais morno até o final da primeira etapa.

FLU CRESCE NO JOGO E EMPATA

Disposto a modificar o panorama do jogo, o Fluminense começou a segunda etapa empurrando o Vitória em seu campo defensivo e assustando o adversário. Logo aos dois minutos, Fred girou sobre a marcação e, quase caindo, deu belo passe para Jean invadir a área, contudo, o volante foi abafado pelo goleiro. Pouco depois, Julião chegou bem pela direita e cruzou. Wágner quase marcou de sem pulo.

Depois de 10 minutos de pressão sofrida, o Vitória chegou bem ao ataque em lance isolado. Max Biancucchi deu uma caneta em Leandro Euzébio, invadiu a área e se preciptou, chutando para fora, quando podia ter mais calma.

O Tricolor chegou com perigo novamente aos 21'. Fred ganhou da zaga, deu lindo passe para Jean, que de frente para o goleiro chutou rasteiro para boa defesa do goleiro Wilson.

A partir dos 25', o Vitória conseguiu dar uma esfriada no jogo e apesar de inferior, respirava. O alívio durou até o terco final da partida. Aos 35', o Fluminense partiu para o abafa e assustou. Primeiro aos 37', quando Kenedy, em bela jogada, fintou o zagueiro e obrigou Wilson a fazer ótima defesa. Um minuto depois, o goleiro largou a bola em cruzamento e sempre oportunista, Fred colocou para o fundo das redes.

A pressão do Flu era grande e Fred quase fez aos 40', após receber passe de cabeça de Eduardo, o atacante desviou e a bola passou lentamente ao lado da meta rubro-negra. Nos acréscimos, o camisa 9 ainda colocou uma bola na trave após cobrança de escanteio, mas o jogo terminou mesmo empatado.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade