8 eventos ao vivo

Em jogo-treino na Cidade do Galo, Atlético-MG vence o Betim por 4 a 1

30 jan 2013
18h19
atualizado às 18h45

Na tarde desta quarta-feira, o técnico Cuca pôde fazer as últimas avaliações do grupo do Atlético-MG antes do confronto contra o Cruzeiro, no próximo domingo. Na Cidade do Galo, a equipe alvinegra venceu o jogo-treino contra o Betim Esporte Clube (Ex-Ipatinga), por 4 a 1, com gols de Bernard, Araújo, Alecsandro e Leleu.

Durante o primeiro tempo do treino que visa simular as situações de um jogo, a equipe titular do Galo foi formada com: Victor, Marcos Rocha, Réver, Gilberto Silva e Junior Cesar; Pierre e Leandro Donizete; Araújo, Ronaldinho e Bernard; Jô. Com uma boa movimentação do centroavante, que fez a jogada do gol de Bernard, o Atlético não teve grandes dificuldades durante os 45 minutos iniciais, abrindo 2 a 0.

O segundo gol foi marcado por Araújo, aos 30 minutos, após jogada de Marcos Rocha, pelo lado esquerdo. O atacante cabeludo foi substituído por Alecsandro logo após marcar e se mostrou ainda um pouco confuso na missão de acompanhar o lateral adversário, como fazia Danilinho.

Com dois atacantes, a formação tática de Cuca sofreu uma alteração. Alecgol era a referência no ataque, com Jô um pouco recuado pela direita e Bernard flutuano no meio de campo. Junior Cesar ficava preso na esquerda e Ronaldinho se deslocava mais pelo mesmo lado. Marcos Rocha ganhou grande liberdade para subir.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final do jogo-treino, Cuca deixou apenas Alecsandro no time e mudou todas as outras dez peças. A formação foi a seguinte: Giovanni, Carlos César, Rafael Marques, Jemerson (Eron) e Richarlyson; Rosinei e Serginho; Nikão, Morais (Leleu) e Neto Berola; Alecsandro (Paulo Henrique).

Alecgol ampliou o placar para o Galo após receber de Nikão e disparar rasteiro para um chute indefensável. Apesar da boa participação do ex-vascaíno, tudo indica que ele será apenas uma opção para o confronto diante do Cruzeiro, uma vez que Jô conseguiu fazer um bom treino. Leleu fechou a tampa do caixão do Betim, após um chute alto de perna direita, que não é a boa.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade