1 evento ao vivo

Em tom misterioso, André Lima cita problemas de adaptação na China

18 jul 2013
19h10

André Lima foi apresentado no Barradão nesta quinta-feira como o novo reforço do Vitória. Mas o destaque da coletiva acabou sendo a passagem que o atacante teve nos últimos seis pelo Beijing Guoan-CHN. Por mais de uma vez, ele citou problemas de adaptação que teve na China e deu a entender que não tinha um bom relacionamento dentro do clube.

"Eu não como comida chinesa, japonesa, não como nada. Houve algumas questões de adaptação. Foram mais alguns problemas particulares que me fizeram sair. Não posso falar realmente o que aconteceu, porque, quando acabar meu vínculo aqui, tenho mais dois anos de contrato com eles. Então é melhor deixar assim", disse. "Eu ia de moto para o treino. Para o futebol brasileiro, isso é inadmissível", lamentou.

Mas andar de moto e ingerir alimentos exóticos não foram os únicos problemas de André Lima. Na China, ele chegou até a atuar como segundo atacante. Agora, novamente como centroavante, terá a concorrência de Dinei, um dos principais elencos do elenco rubro-negro.

"Vim para somar e ajudar esse grupo. Respeito muito o Dinei. Acompanhei os dois últimos jogos do time e estou aqui para ajudar", afirmou.

O atacante ainda não estará em campo contra o Bahia, neste domingo. Ele ainda não tem condições legais de jogo e só deve ficar à disposição do técnico Caio Júnior na nona rodada.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade
publicidade