2 eventos ao vivo

Em vantagem, Grêmio quer segurar pressão do Millionarios em Bogotá

14 nov 2012
17h58
atualizado às 18h14

O Grêmio, sem chances de conquistar o Campeonato Brasileiro, volta suas forças para a Copa Sul-Americana, e nesta quinta-feira encarará o Millonarios, em Bogotá, pela partida de volta das quartas de final, tentando sustentar a vantagem obtida no primeiro jogo, quando venceu por 1 a 0 no Estádio Olímpico.

Com o resultado, obtido com gol do meia Marco Antonio, aos 36 minutos da primeira etapa, o 'Tricolor Gaúcho' joga pelo empate. Se fizer um gol na Colômbia, ainda obriga os colombianos a vencerem por dois gols de diferença para garantirem a vaga. Se perder de 1 a 0, o jogo será decidido nos pênaltis.

Apesar da vice-liderança no Brasileirão, vencido por antecipação no último domingo pelo Fluminense, a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo quer garantir sua vaga direta na Taça Libertadores da América, o que conseguirá caso seja campeã da Sul-Americana.

Os jogadores gremistas tem uma missão importante na competição, que é a conquista de um dos poucos títulos que o clube ainda não possui em sua história. "É um título que o Grêmio não tem e queremos muito conquistá-lo, e estamos pensando no adversário, por isso esperamos fazer um bom jogo. Viemos mostrar um bom futebol e tentar passar à fase seguinte", disse o atacante boliviano Marcelo Moreno.

Apesar de respeitar os brasileiros, o técnico do Millonarios, Hernán Torres, afirmou nesta quarta-feira, que escalará seu time principal para tentar reverter a situação contra sua equipe. "Sabemos que o Grêmio é um grande time e teve algumas mudanças nos últimos jogos, mas mudando apenas dois ou três titulares. Vamos escalar o nosso melhor", disse Torres.

Um dos únicos desfalques no último treino dos colombianos foi o atacante Wason Rentería, ex-Santos e Internacional, que sente dores no pé, mas deverá atuar contra os gaúchos.

"Viemos com muita confiança e, apesar da desvantagem de um gol, esperamos virar em nossa casa, mas sabemos que do outro lado está o Grêmio, uma equipe que teve muito sucesso em nível internacional", afirmou o treinador dos colombianos.

Se os colombianos forem os vencedores do confronto, enfrentarão nas semifinais o Tigre, da Argentina. No entanto, caso o Grêmio avance, enfrentará o São Paulo, em confronto obrigatório entre times de um mesmo país.

Prováveis escalações:.

Millonarios: Luis Delgado; Lewis Ochoa, Román Torres, Pedro Franco e Jarol Martínez; Yhonny Ramírez, Harrison Otálvaro, Juan Ortiz e Mayer Candelo; Wason Rentería e Wilberto Cosme. Técnico: Hernán Torres.

Grêmio: Marcelo Grohe; Pará, Gilberto Silva, Werley e Anderson Pico; Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto; Kléber e Marcelo Moreno. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Árbitro: Carlos Vera (Equador), auxiliado por seus compatriotas Luis Alvarado e Carlos Herrera.

Estádio: El Campín, em Bogotá (Colômbia).

EFE   
publicidade