0

Erro de operadora atrasa início das vendas para jogo do Botafogo

20 ago 2013
15h55
atualizado às 17h10
  • separator
  • 0
  • comentários

Um erro cometido pela operadora de venda de ingressos, aliado à queda do sistema responsável pela comercialização, causou uma confusão no início das vendas - nesta terça-feira - para a partida entre Botafogo e Atlético-MG, quinta, às 21h50, no Maracanã.

<p>Líder do Campeonato Brasileiro, o Botafogo tinha sido superado pelo Cruzeiro no sábado, mas recuperou o topo da tabela rapidamente. Rafael Marques (esq.) marcou o segundo e decisivo gol do time contra a Portuguesa, neste domingo, no Estádio do Canindé</p>
Líder do Campeonato Brasileiro, o Botafogo tinha sido superado pelo Cruzeiro no sábado, mas recuperou o topo da tabela rapidamente. Rafael Marques (esq.) marcou o segundo e decisivo gol do time contra a Portuguesa, neste domingo, no Estádio do Canindé
Foto: Alê Cabral / Agência Lance

Vendo as bilheterias fechadas na parte da manhã, torcedores começaram a reclamar por meio do Twitter. Foi criado até um boato de que a paralisação das vendas teria sido pedida pelo Procon, por conta da promoção realizada pelo clube alvinegro e pela concessionária Maracanã S.A., que diminuiu o preço dos ingressos comprados antecipadamente.

De acordo com a assessoria do Botafogo, o Procon não teve qualquer ligação com a paralisação. A assessoria do Procon-RJ também afirmou que não passou de um boato.

Após a confusão e com a normalização do sistema, os pontos de venda passaram a operar normalmente. Contudo, a comercializações dos bilhetes via internet, no site www.futebolcard.com, ainda não foi normalizada.

"Houve um problema em relação à venda porque quem estava operando a venda não queria fazer a promoção. Nós bancamos e depois vamos responder por isso. Quem tem que combater cambista ou diminuir a fila é o Botafogo? Não, é quem opera. Mas respinga no Botafogo. No dia seguinte, as manchetes são contra o Botafogo", disse o presidente Mauricio Assumpção ao Sportv.

"Se você compra ingresso antecipadamente e evita fila, não fica à mercê do cambista, que quer fila na hora do jogo. Não tenho nada contra o Procon, acho um órgão importantíssimo e já recorri a ele. Mas estou facilitando o torcedor, dando a oportunidade de comprar antecipadamente com todo conforto", completou. 

 

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade