0

Com time escalado por torcedores, Jacuipense faz sucesso na Bahia

15 out 2013
07h29
atualizado às 07h29
  • separator
  • comentários

No final do mês de setembro, uma informação foi recebida com surpresa no meio futebolístico: o Jacuipense-BA, que integra a primeira divisão do Campeonato Baiano, iria começar a ser escalado pela torcida através de um sistema disponibilizado pela internet. A experiência aconteceria a partir de 12 de outubro, na terceira rodada da Copa Governador do Estado da Bahia, e se estenderia ao longo da competição.

<p>Atacante Nádson, de passagem pela Seleção Brasileira, é o destaque do Jacuipense, que tem time escalado por torcedores via internet</p>
Atacante Nádson, de passagem pela Seleção Brasileira, é o destaque do Jacuipense, que tem time escalado por torcedores via internet
Foto: Divulgação

Nos primeiros jogos, a equipe obteve uma derrota e um empate. Na estreia do serviço, novidade: 1 a 0 sobre o Vitória, representado pela equipe Sub-20 e alguns atletas que estão à disposição de Ney Franco na Série A, como Vander, Daniel Borges e Danilo Tarracha. Com o resultado, o Jacuipense chegou aos quatro pontos no Grupo 1, atrás apenas do Vitória, que lidera com seis.

Segundo o presidente do clube, o advogado Felipe Salles Faria Carneiro, 29 anos, o sistema, chamado Total Choice, pode ajudar a aproximar o torcedor do dia a dia do Jacuipense, além de projetar a equipe nacionalmente. O sistema foi desenvolvido pela HWT Promoções Esportivas, que desde 2012 é cogestora da equipe de futebol profissional do clube.

"É uma forma de trazer o torcedor para mais perto do clube e também de dar destaque ao Jacuipense em todo o território nacional. Montamos um elenco homogêneo e temos certeza que o torcedor saberá reconhecer quem está jogando melhor. Ainda que usem seus próprios critérios e mesmo se tenhamos opiniões divergentes, estou certo que o Leão do Sisal terá o melhor time em campo”, afirma o dirigente.

Além de permitir que a torcida escolha os jogadores para o time que entra em campo, o sistema funciona também como um Fantasy game, estilo de jogo no qual os usuários montam times formados por jogadores da vida real e concorrem entre si. O desempenho das equipes é medido de acordo com a performance dos atletas escolhidos. No caso do Total Choice, como atrativo para a plataforma, o melhor classificado na semana ganha prêmios.

Para o técnico da equipe, o ex-volante Emerson Pereira, com passagem por São Paulo, Colo-Colo-CHI e pela Seleção Brasileira Sub-20, o sistema não atrapalha o desempenho do time. Segundo Pereira, a comissão técnica buscou valorizar o coletivo para tentar encontrar um padrão de jogo e uma filosofia de futebol bem definida, através de treinamentos e amistosos já realizados em mais de dois meses de trabalho.

"A ideia é dividir a responsabilidade com os torcedores. Eu escalo o time no esquema tático que eu desejo, e os torcedores votam em quem querem que esteja em campo. Independentemente de os torcedores escolherem esse ou aquele jogador, nosso time tem uma forma de jogar, com um mesmo pensamento. Então quem entrar precisa se adaptar àquela forma de jogo", analisou.

Veja reação da torcida do Treze-PB após gol no último minuto

Pereira declarou que entre os primeiros jogos do Jacuipense no torneio e a partida vencida contra o Vitória, na qual o sistema funcionaria pela primeira vez, os torcedores escolheram apenas um jogador que não estava no time que ele pretendia escalar. "O Thiago foi escolhido pelos torcedores para começar jogando, mas eu tinha escolhido o Maurício. Como o Thiago não rendeu o esperado, fiz a substituição no intervalo", afirmou.

Quando aceitou o desafio de treinar o Jacuipense, Pereira já sabia que o sistema seria posto em prática, e mesmo assim não recusou a oportunidade. Segundo o treinador, os atletas também tem aceitado bem o sistema – mesmo aqueles de mais renome no futebol, como o atacante Nádson, estrela do time, com passagens por Vitória, Corinthians e Bahia, além de dois jogos pela Seleção Brasileira. Porém, o técnico reconhece que a novidade pode não ser bem recebida entre outros profissionais da área.

"No futebol, as novidades sempre têm um pouco de rejeição. No futebol, existe uma forma de trabalhar há muitos anos e é muito difícil de mudá-la. A gente está tentando se adaptar ao que nos foi apresentado, e os jogadores também. Estamos buscando um denominador comum. Nem todo mundo gosta de uma cor só, sempre tem alguém que vai escolher uma diferente", declarou, fazendo analogia.

Apesar de elogiar o sistema e se declarar favorável à experiência, Emerson Pereira não esconde que ficou com receio de ter seu trabalho prejudicado pelas escolhas dos internautas. Como, por exemplo, no caso hipotético de haver votação em massa para que um atleta comece jogando, mesmo se não for considerado titular por ele. "Vai a família inteira do cara votar e agora eu vou ter que colocar (risos)? Ou então pode acontecer de muitos usuários votarem em muitos jogadores que, para nós, não são considerados titulares, e nós termos de escalar a equipe assim. A gente está sujeito a isso, mas por enquanto nada aconteceu", disse.

Vitória vence Coritiba e sonha com vaga na Libertadores

Apesar de o sistema ter valido para escalar o time do Jacuipense apenas nesta semana, o Total Choice já estava em funcionamento desde o dia 24 de setembro, cinco dias antes do início da Copa Governador do Estado da Bahia. A escolha dos times nas duas primeiras rodadas, embora ainda não tivessem de ser levadas em conta por Pereira, foram compatíveis com as escolhas do treinador.

Segundo o gerente de futebol da equipe, Clebson de Araújo, o "Beleza", cerca de 500 usuários escalaram a equipe neste fim de semana. O dirigente também afirma que nenhum técnico ou jogador recusou trabalhar no Jacuipense por causa do sistema. "Os jogadores não tiveram nenhuma restrição. Inclusive, muitos gostaram, porque é uma chance de se valorizar e aparecer para o futebol. Desde quando iniciamos com o programa, a nossa ideia já era trabalhar com Emerson Pereira", afirma.

Emerson Pereira assumiu a equipe como interino, após a saída de Uéslei Pitbull. Para a Copa Governador do Estado da Bahia, o Jacuipense tentou fechar com Arnaldo Lira, que em 2011 foi campeão baiano com o Bahia de Feira, mas o treinador alegou "problemas pessoais". Assim, Pereira foi efetivado e atualmente dirige a equipe na competição.

Além de aplicativo, Jacuipense tenta chamar a atenção com "medalhões"
Desde 2010, quando Felipe Salles assumiu a presidência do Jacuipense, os planos de elevar o clube são ambiciosos. Após reativar o departamento de futebol, que ficou parado por quatro anos, o presidente traçou duas metas. Suas ideias são fazer do Jacuipense a terceira força do estado e um centro de formação de jogadores para exportação, aproveitando os talentos da região de Riachão do Jacuípe, cidade localizada a 197 km de Salvador, capital do estado.

Dois anos após a volta ao futebol profissional, a equipe voltou à primeira divisão do Campeonato Baiano e firmou contrato com a HWT Promoções Esportivas. A empresa sediada em Campinas (SP) administrava as categorias de base e, desde então, também é a cogestora da equipe profissional.

No ano passado, a HWT levou ao clube alguns nomes conhecidos nacionalmente, como o atacante Nádson, além de Uéslei (ex-atacante do Bahia), que passou pela equipe como técnico. Hoje, o diretor de futebol da equipe é Marcelinho Paulista (ex-volante Corinthians), e o técnico é Emerson Pereira (ex-volante de São Paulo e Colo-Colo). O sistema Total Choice, que além do site na internet, está disponível como aplicativo para celulares e tablets das plataformas Android e iOS, também foi uma iniciativa da empresa para chamar atenção para a equipe do sertão baiano.

No Campeonato Baiano deste ano, a equipe escapou do rebaixamento por pouco. Fluminense de Feira de Santana e Atlético de Alagoinhas foram os rebaixados, com oito pontos, um a menos que o Jacuipense, que ficou na sexta posição da primeira fase, da qual participaram nove equipes.

Fonte: Paço Virtual - Comunicação, Consultoria e Projetos LTDA - ME - Especial para o Terra Paço Virtual - Comunicação, Consultoria e Projetos LTDA - ME - Especial para o Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade