0

Léo Moura brilha e Fla vence após confusões na Gávea

11 mar 2009
23h48
atualizado em 12/3/2009 às 03h33

Em ambiente conturbado nos últimos dias, após a discussão entre Bruno e Andrade e a suspensão do presidente Márcio Braga no TJD, o Flamengo conseguiu amenizar o clima pesado na noite desta quarta-feira, quando foi ao Estádio Raulino de Oliveira e venceu o Duque de Caxias por 4 a 2, em mais uma boa atuação do meia Leonardo Moura na nova função.

» Fotos de Duque de Caxias x Flamengo
» Confira a classificação atualizada
» Veja a tabela do Campeonato Carioca
» Comente a vitória do Flamengo

Em crise após a eliminação na Taça Guanabara diante do Resende, o clube da Gávea voltou a viver dias contubados com a suspensão de seu presidente por 1.440 dias, após classificar como "incompetência, maldade e corrupção" a atitude do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro em punir o rival Vasco com a perda de seis pontos por ter escalado de maneira irregular o meia Jéferson.

No entanto, o episódio que mais marcou o Flamengo nos últimos dias foi a áspera discussão do goleiro com o auxiliar Andrade, ídolo na história do clube rubro-negro. Ameaçado até de ser punido e não entrar em campo nesta quarta, o que acabou não ocorrendo, Bruno ainda foi alvo de alguns protestos da torcida, que cantou nas arquibancadas o nome do outro envolvido no episódio.

No entanto, em campo, o Flamengo não deu sinais de que sentiu os efeitos da crise e encontrou facilidade para vencer o Duque de Caxias, comprovando mais uma vez o novo esquema montado pelo técnico Cuca. Além de Leonardo Moura, que tem sido o destaque da equipe nos últimos jogos após a mudança da lateral para a meia, o outro ala, Juan, também se reabilitou na partida. Vaiado no final de semana por parte da torcida, o jogador deixou a sua marca em cobrança da falta.

Com o resultado, o time da Gávea chega à liderança do Grupo B com seis pontos conquistados nas duas primeiras rodadas, enquanto o Duque de Caxias sofreu nova derrota no segundo turno e ocupa a lanterna do Grupo A. Na próxima rodada, o Flamengo vai receber o Tigres no Estádio do Maracanã. Já o adversário vai enfrentar o Friburguense.

A recuperação de Juan diante do torcedor carioca ocorreu aos 19min de bola rolando, quando compareceu para bater uma falta na entrada da área do Duque de Caxias. O goleiro Bruno se preparou para bater, mas foi o lateral que bateu colocado e balançou as redes da equipe da Baixada Fluminense. Já aos 36min, foi a vez de outro rubro-negro se reabilitar e afastar o jejum de gols. Depois de lançamento de Leonardo Moura, Zé Roberto cruzou rasteiro e Josiel completou para aumentar a vantagem flamenguista.

Com o mesmo time e muito mais disposição, a equipe de Cuca voltou para o segundo tempo e demorou apenas 3min para movimentar novamente o marcador em Volta Redonda. Depois de tabelar com Zé Roberto, Leonardo Moura entrou pelo meio da área e deslocou o goleiro Borges, que voltaria a ter a sua meta vazada 11 minutos depois, quando o mesmo jogador cobrou falta com precisão.

Com o jogo definido, o Flamengo diminuiu seu ritmo e o Duque de Caxias parecia mais preocupado em não sofrer outros gols do que tentar chegar ao arco de Bruno. No entanto, aos 29min, Ibson fez falta dura sobre Allan e, como já tinha o cartão amarelo, foi expulso de campo, beneficiando os adversários, que cresceram na partida. Dessa forma, aos 36min, Fábio Luciano cometeu pênalti sobre Eduardo Telles, que foi convertido por Edivaldo.

Aos 39min, o mesmo Edivaldo aproveitou um cruzamento rasteiro para marcar o segundo gol, lance que irritou o técnico Cuca, que foi para a beira do gramado pedir mais atenção aos seus jogadores. No entanto, os adversários não tiveram mais forças para diminuir a vantagem rubro-negra e saíram derrotados mais uma vez.

Gols
Duque de Caxias:
Flamengo: Juan, aos 19min, Josiel, aos 36 min do 1º tempo, Leonardo Moura, aos 3min e 11min do 2º tempo

Deslizes da arbitragem
- Após aplicar cartão amarelo para o zagueiro Eduardo Telles, do Duque de Caxias, árbitro é avisado pelo assistente que o jogador já tinha o cartão amarelo. No entanto, depois de conversa, juiz explica que a primeira advertência havia sido dada a Wellinton e reinicia a partida

Pontos Fortes do Flamengo
Atuação avançada de Leonardo Moura e recuperação de Juan e Josiel, vaiados pela torcida rubro-negra nos últimos jogos

Pontos Fracos do Duque de Caxias
Falta de criatividade no setor de meio-campo e pouco poder de marcação

Ponto Fraco do Flamengo
Chances de gols perdidas pelo jovem atacante Paulo Sérgio, que substituiu Josiel durante a partida e foi vaiado pela torcida

Personagem do jogo
Leonardo Moura

Comentários sobre o jogo
"No momento da expulsão do Ibson, já havia feito algumas trocas. Fez falta. E aí o Duque de Caxias teve as duas chances nas quais fez os dois gols. Jogamos bem até a expulsão do Ibson", disse o técnico Cuca, após a partida.

"O Zico foi para lá, ele queria contar comigo e iria esperar a janela. Se tiver proposta concreta, vão sentar e resolver da melhor forma. O Flamengo necessita de verbas e o que for melhor para o clube eles vão saber resolver", do meia Leonardo Moura, admitindo que pode se transferir para o CSKA Moscou.

"Temos que colocar um fim nessa história e, por isso, essa vitória vai para o Andrade. Ele é um grande amigo particular, com o qual me orgulho de trabalhar por ser um grande homem e um campeão", do goleiro Bruno, dedicando o triunfo ao auxiliar após a confusão dos últimos dias.

Esquema Tático do Duque de Caxias
3-5-2
Borges, Arilson(Fábio Valle), Henrique e Eduardo Telles; Alan, Léo Oliveira, Cadu(Juninho), Renatinho e Alberoni: Edivaldo e Deni(Zé Carlos); técnico: Toninho Barroso

Esquema Tático do Flamengo
4-4-2
Bruno, Everton Silva(Toró), Fábio Luciano, Wellinton e Juan; Aírton, Willians(Kleberson), Ibson e Leonardo Moura; Zé Roberto e Josiel(Paulo Sérgio); técnico: Cuca

Cartões Amarelos
Duque de Caxias: Eduardo Telles e Alberoni
Flamengo: Wellinton, Ibson, Fábio Luciano, Toró e Zé Roberto

Cartões Vermelhos
Flamengo: Ibson

Árbitro
Pablo Santos Alves

Local
Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)




Em nova função, Leonardo Moura volta a se destacar e comanda vitória rubro-negra
Em nova função, Leonardo Moura volta a se destacar e comanda vitória rubro-negra
Foto: / Agência Lance
Fonte: Terra
publicidade