2 eventos ao vivo

Promotoria analisa liberação de cerveja no Estadual do Rio

12 mar 2013
16h28
atualizado às 18h07
  • separator
  • 0
  • comentários

A Promotoria do Consumidor do Ministério Público do Rio está analisando se a decisão da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) de liberar a venda de cerveja em partidas do Campeonato Carioca é válida. O procurador-geral do Estado, Marfan Vieira Martins, enviou um ofício à promotoria nesta terça-feira para tentar evitar que a resolução entre em vigor.

Cerveja só poderia ser vendida em copos de plástico ou papel
Cerveja só poderia ser vendida em copos de plástico ou papel
Foto: Getty Images

Nesta segunda, a Ferj publicou no site oficial a Resolução da Presidência que dá a prerrogativa aos clubes de venderem cerveja no estádio, com a restrição de que o consumo não aconteça nas arquibancadas e nem durante a partida.

A venda só pode ser feitas nos bares, em copos de plástico ou papel, até duas horas e quinze minutos antes do início da partida e no intervalo dos jogos. A decisão entra em vigor a partir de sexta.

No documento, a Ferj não cita o Protocolo de Intenções assinado com o MP em 2008, em que se compromete a proibir a venda de bebidas alcoolicas nos estádios em campeonatos que organiza. O jurídico da entidade entende que o protocolo só tem validade por três anos e, assim, não mais estaria em vigor.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade