Carioca

publicidade
14 de janeiro de 2009 • 15h08

Segundo empresário, Renato está próximo do Botafogo

Alguns detalhes separam o acerto entre Botafogo e o meia Renato. O jogador praticamente chegou a um acordo com o seu clube, o Maccabi Haifa de Israel, para conseguir a rescisão do contrato, que iria até 2010. Com isso, terá liberdade para assinar com o time carioca.

» Veja as últimas do Botafogo

Seu advogado e procurador, Anselmo Paiva, acionou o clube israelense na Fifa, reclamando de, entre outras coisas, salários atrasados, num processo que poderia durar até dois anos. Mas o Maccabi Haifa mostrou-se disposto a chegar a um acordo, que agora está próximo de acontecer.

"O acerto com o Maccabi Haifa está 95% fechado. Faltam pequenos detalhes, e acho que tudo será resolvido amanhã. Depois, devem ser necessários mais três ou quatro dias úteis para que tudo seja colocado no papel. Em seguida, o Renato se apresenta ao seu novo clube" afirmou Anselmo Paiva.

O procurador lembra ainda que, mesmo após a rescisão, o Maccabi Haifa ainda terá parte dos direitos do jogador. "O Botafogo tem a prioridade, mas é provável que o clube israelense tenha alguma participação nos direitos do jogador e, por isso, precise autorizar. Esse aspecto está incluído nos 5% que faltam para que o acordo seja firmado", explicou.

Renato tem participado de alguns treinos do Botafogo, longe de torcedores e jornalistas. O jogador, formado pelo Atlético-MG, foi muito elogiado pelo técnico Ney Franco.

"Seria um grande reforço para esta temporada. Conheço ele desde as divisões de base do Atlético-MG. É um jogador que faz muito bem a aproximação ao ataque. Mostrou talento quando apareceu", avaliou o treinador em entrevista à Rádio Brasil.

Gazeta Press