2 eventos ao vivo

Vice pela terceira vez, Botafogo agora busca reforços

4 mai 2009
07h22
atualizado às 07h50

Antes mesmo da final do Estadual, no último domingo, vencida pelo terceiro ano seguido pelo Flamengo, o departamento de futebol do Botafogo já discutia a necessidade de reforços para a disputa do Brasileiro. Na sexta-feira, o técnico Ney Franco esteve reunido com o presidente Maurício Assumpção, o vice André Silva e o supervisor Anderson Barros.

» Leia mais notícias do jornal O Dia
» Veja as fotos de Flamengo e Botafogo
» Nos pênaltis, Fla bate Botafogo
» Comente a derrota do Botafogo

Ney Franco entregou uma lista com o nome de alguns jogadores. Entre as suas prioridades, um atacante, um meia e um lateral-esquerdo. "Na nossa avaliação, nós já temos a base pronta, mas ainda precisamos de uma três ou quatro peças", disse Ney. "O Brasileiro é uma competição em que precisamos de mais alguns jogadores", afirmou o treinador.

Leandro, lateral que foi dispensado do Fluminense, agrada ao treinador. Mas, para o acerto com o clube, ele teria que entrar na política financeira alvinegra. Kieza, que disputou o Estadual e a Copa do Brasil pelo Americano, também pode ser contratado.

O Botafogo conta com um orçamento para o restante da temporada, e o presidente Maurício Assumpção já disse que não vai fazer loucuras. "Não adianta meter agora os pés pelas mãos. Vamos atrás de reforços, mas dentro da nossa realidade", disse o dirigente.

O presidente foi o primeiro a falar no vestiário alvinegro, após a perda do título. Apesar de triste, fez questão de agradecer aos alvinegros. "Quero agradecer à torcida, meus diretores e funcionários do clube que estiveram junto com a gente nesses quatro meses", afirmou ele, que assumiu a presidência do Botafogo em janeiro.

Para Assumpção, o elenco tem méritos por ter chegado à final. "Há quatro meses, eu arrancaria gargalhadas se falasse que o Botafogo chegaria à decisão. Mas nós chegamos. O grupo está de parabéns", elogiou.

Apesar de discurso favorável, Maurício também faz uma autocrítica em seus quatro meses como presidente. "Posso ter errado como presidente, mas estou muito orgulhoso do ambiente que a gente criou. Falei isso para todos eles", comentou. "Vamos conversar internamente para ver os erros e acertos".

E, se procura por reforços, o Botafogo também precisa se preocupar com seus jogadores. Destaque do Estadual, Maicosuel pode ir para a Europa no meio da temporada.

Time alvinegro, de Juninho, perdeu a terceira final seguida para o Flamengo
Time alvinegro, de Juninho, perdeu a terceira final seguida para o Flamengo
Foto: Agência Lance
O Dia O Dia - © Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.
publicidade