0

Avaí homenageia capitão da Copa do Mundo de 1958

28 mar 2011
17h45
atualizado às 18h25
  • separator
  • comentários

O zagueiro Bellini entrou para a história do futebol brasileiro como sendo o capitão do primeiro título mundial do Brasil, na Suécia, em 1958. No último sábado, o jogador recebeu uma homenagem do Avaí, em sua residência, em São Paulo.

Os pés de Bellini foram gravados em um molde que será eternizado em uma calçada da fama que o clube catarinense está construindo. A diretoria do Avaí também quer os pés dos outros capitães campeões mundiais. Carlos Alberto Torres, 1970, Dunga, 1994 e Cafu, 2002. Mauro Ramos, que levantou a taça em 1962, morreu há nove anos.

"Nós estamos fazendo um memorial dos atletas, queremos valorizar a história do futebol brasileiro juntamente com a história do Avaí", afirmou Enio Gomes, diretor de planejamento do Avaí e principal responsável pela homenagem a Bellini.

Dona Giselda, esposa do Bellini, agradeceu a lembrança. "É um reconhecimento, porque aqui no Brasil não existe história", disse ela. "Não é todo dia que ele fica assim de bom humor, disposto. E geralmente ele não levanta, é bem difícil isso ocorrer. Hoje ele está muito bem, feliz, risonho", complementou.

Bellini está com 80 anos e sofre com o Mal de Alzheimer, e tem dificuldades para andar e falar.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade