0

Fortaleza arranca empate de rival e é tri cearense

3 mai 2009
18h05
atualizado às 21h43

Pelo terceiro ano consecutivo o Fortaleza sagrou-se campeão cearense. Desta vez, o time tricolor ficou no empate por 1 a 1 com o rival Ceará e fez valer a vantagem do jogo de ida para levantar o troféu. Na semana passada, o Fortaleza já havia vencido por 2 a 1. O elenco alvinegro saiu na frente e levava a partida para a prorrogação, mas o Fortaleza conseguiu o empate e ergueu a taça do Estadual.

» Veja as fotos do Fortaleza
» Baixe o hino do Fortaleza
» Baixe o pôster do campeão cearense
» Comente o título do Fortaleza

O título marca o segundo tricampeonato estadual do Fortaleza: o primeiro foi entre os distantes anos de 1926, 1927 e 1928. Desde então, o clube por várias vezes conquistou o bi, porém não conseguia levantar a terceira taça seguida.

Ter sido campeão em cima do rival Ceará fez pender para o lado tricolor um grande equilíbrio que havia no Campeonato Cearense: antes da final de 2009, os clubes já haviam decidido o Estadual 26 vezes, com 13 conquistas para cada lado. Agora o time tricolor conta com esta vantagem quando o assunto são decisões entre ele e o Ceará. Porém o Alvinegro ainda tem a hegemonia em números totais de título: levantou a taça do Cearense 39 vezes.

Na campanha deste ano, o Fortaleza não começou muito bem. No 1º turno, não venceu nenhum clássico e foi eliminado pelo próprio Ceará nas semifinais. Na segunda metade do Estadual a recuperação tricolor foi plena: classificou-se como primeiro colocado para os jogos decisivos e sagrou-se campeão do 2º turno, para o qual o Vovô sequer se classificou. Além do título, o clube ainda teve entre seu elenco o artilheiro do torneio: Marcelo Nicácio, que marcou 12 gols.

Na primeira partida da final, Arlindo Maracanã saiu do banco de reservas alvinegro e melhorou consideravelmente as jogadas ofensivas do Ceará. Zé Teodoro, técnico do Vovô, gostou e fez com que o atleta treinasse durante toda a semana entre os titulares. O jogador justificou a confiança depositada nele: neste domingo, abriu o placar aos nove minutos de jogo, levando, momentaneamente a partida para a prorrogação.

O Fortaleza precisava de um gol para evitar a prorrogação e levantar a taça após os 90 minutos de jogo. O tento não saiu no primeiro tempo, deixando a massa tricolor preocupada. Mas o time de Mirandinha contava com Marcelo Nicácio, o artilheiro do Estadual. O goleador não sumiu no momento decisivo: aos sete minutos da etapa complementar balançou as redes, fazendo seu 13º gol no Cearense e recolocando a taça nas mãos do time tricolor.

Ficha Técnica

Fortaleza1x1Ceará

Equipes

Douglas
Gilmak
Sílvio
Ebson
Bismarck
Eusébio
Coutinho
(Álvaro)
Cleisson
Guto
Wanderley
(Sidnei)
Marcelo Nicácio
(Luiz Carlos)

Adílson Paredão
Boiadero
Fabrício
Erivélton
Fábio Vidal
(Sérgio Alves)
Michel
Chicão
(Fábio Gomes)
Geraldo
Arlindo Maracanã
Edu Sales
Alex Gaibu
(Misael)


Técnico:
Paulo César Carpegiani

Técnico:
Alexandre Gallo

Gols

1ºT -------------

10min - Arlindo Maracanã

2ºT 9min - Marcelo Nicácio-------------

Cartões amarelos

Sílvio
Wanderley

Fabrício
Erivélton
Edu Sales

Local

Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)

Árbitro:

Paulo César de Oliveira (SP)

 

Fortaleza fatura tricampeonato estadual em cima do maior rival Ceará
Fortaleza fatura tricampeonato estadual em cima do maior rival Ceará
Foto: Jarbas Oliveira / Futura Press
Fonte: Gazeta Press
publicidade