2 eventos ao vivo

Fortaleza protesta contra declaração de Simon

29 abr 2009
13h58
atualizado às 13h59

O árbitro Carlos Eugênio Simon, comandante do clássico entre Fortaleza e Ceará na decisão do Estadual, disse que o zagueiro tricolor Silvio admitiu ter feito a falta no alvinegro Edu Sales, no pênalti marcado pelo árbitro na partida. Simon errou no lance, já que o atacante tropeçou na área em vez de ser derrubado, e foi criticado por dirigentes do clube e especialistas de arbitragem.

» Simon "reforça" pênalti em tropeço de jogador
» Veja como está a situação das finais dos estaduais
» Fortaleza vence clássico polêmico
» Veja as últimas do Fortaleza

A direção do Fortaleza reagiu contra a declaração de Simon e promete divulgar uma nota oficial desmentindo o árbitro. Já Silvio deu entrevistas na última terça-feira garantindo que não tocou no adversário.

"Só fui reclamar que ele estava cometendo uma injustiça. Fiquei muito chateado e não poderia ter feito a falta porque estava distante do Edu Sales", disse o zagueiro.

A diretoria pretende ainda enviar um protesto formal a Comissão de Arbitragem da CBF solicitando providências em relação a Simon em futuras escalas dos jogos do time.

Pênallti marcado por Simon causou revolta entre os jogadores do Fortaleza
Pênallti marcado por Simon causou revolta entre os jogadores do Fortaleza
Foto: LC Moreira / Futura Press
Fonte: Especial para Terra
publicidade