2 eventos ao vivo

Fortaleza vence clássico polêmico e obtém vantagem na final

26 abr 2009
18h01
atualizado às 21h03

O Fortaleza saiu na frente na final do Campeonato Cearense. Em um jogo repleto de polêmicas, o time venceu o rival Ceará por 2 a 1 e só depende de um empate, no próximo domingo, para garantir o título estadual.

» Fotos de Ceará x Fortaleza
» Veja as últimas do Ceará
» Veja as últimas do Fortaleza

O jogo, apitado pelo gaúcho Carlos Eugênio Simon, teve arbitragem bastante contestada por conta dos dois primeiros gols da partida.

O Ceará começou com mais chances. O veterano Sérgio Alves foi o maior alvo da marcação do Fortaleza. Não era para menos, já que Sérgio perdeu dois gols em jogadas aéreas.

Mais retraído, o Fortaleza apenas aguardava oportunidades para o contra-ataque, e foi em uma delas que o time acabou fazendo seu gol.

Depois de uma jogada rápida, Bismarck chutou de esquerda, o goleiro Adilson espalmou para o meio da área e Wanderley, sozinho, completou para as redes. A zaga do Ceará reclamou de impedimento no lance, mas o árbitro Carlos Eugênio Simon validou o gol, aos 46min.

Na segunda etapa, o Fortaleza parecia mais inteiro. Com Bismarck e Wanderley aproveitando as jogadas rápidas pelas pontas, o time criou boas chances de ampliar o marcador.

Sem conseguir marcar o segundo gol, a equipe viu o Ceará crescer e chegar ao empate em outro lance polêmico. O atacante Edu Salles tropeçou sozinho na grande área e Simon marcou pênalti, aos 33min. Arlindo Maracanã teve de bater duas vezes para o gol ser validado.

No entanto, o Fortaleza seguia melhor e decidiu o jogo aos 40min. O atacante Luiz Carlos, ex-Ceará, fez bela jogada pelo lado esquerdo e encontrou Guto livre na área para completar. A bola ainda tocou na trave antes de entrar.

Wanderley abriu o placar para o Fortaleza, com o Ceará reclamando de impedimento
Wanderley abriu o placar para o Fortaleza, com o Ceará reclamando de impedimento
Foto: LC Moreira / Futura Press
Fonte: Terra
publicidade