0

Simon "reforça" pênalti em tropeço de jogador

28 abr 2009
11h39
atualizado às 14h01

Mesmo com as imagens provando o contrário, o árbitro Carlos Eugênio Simon insiste que Edu Sales foi derrubado na pequena área e confirmou a marcação do pênalti a favor do Ceará no clássico do último domingo, vencido pelo Fortaleza por 2 a 1.

» Veja como está a situação das finais dos estaduais
» Fortaleza vence clássico polêmico
» Veja as últimas do Ceará
» Veja as últimas do Fortaleza
» Opine sobre o pênalti

Em entrevista ao canal SporTV, Simon disse que acertou na marcação do pênalti e alegou ter visto um toque que desequilibrou o atacante do Ceará.

"Aconteceu a penalidade. No cruzamento dos jogadores, o atacante é tocado e cai dentro da área. Houve a penalidade e eu assinalei", disse Simon, que será o representante da arbitragem brasileira na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

No lance, Edu Salles tropeçou sozinho na grande área e Simon marcou pênalti, aos 33min do segundo tempo, quando o placar apontava 1 a 0 para o Fortaleza. Arlindo Maracanã teve de cobrar a penalidade duas vezes para o gol ser validado.

Os dois times voltam a se enfrentar neste domingo, às 16h (de Brasília), no Castelão, com o Fortaleza podendo até empatar para ficar com o título do Campeonato Cearense.

Fonte: Lancepress!
publicidade