0

Briga marca vitória da Ulbra sobre o Brasil-RS

19 fev 2009
22h41
atualizado em 20/2/2009 às 01h52

Em jogo atrasado da quarta rodada do Campeonato Gaúcho, o Brasil-RS foi derrotado pela Ulbra, por 5 a 2, nesta quinta-feira. O jogo, que marcou o adeus do técnico Cláudio Duarte à equipe de Pelotas, teve uma briga generalizada e seis expulsões no final.

» Veja a classificação
» Confira a tabela completa
» No fundo do poço, Brasil-RS não
consegue se livrar de trauma

» Comente o resultado

A comemoração de Rogério Pereira pelo quinto gol da Ulbra, junto à torcida adversária, provocou uma briga à beira do campo. Jogadores e comissão técnica das duas equipes trocaram socos e pontapés dentro do gramado.

Danrlei foi um dos primeiros jogadores do Brasil a se exaltarem com a comemoração. Expulso, o goleiro disse que o adversário fez referência à flecha que Claudio Millar, morto em um acidente de ônibus que levava o Brasil em janeiro, simulava quando marcava gols.

Com a vitória, a Ulbra chega a 13 pontos, na quarta posição da classificação, e encara o Internacional nas quartas-de-final do primeiro turno. O Brasil, por sua vez, estaciona nos três pontos, na última colocação da tabela, com cinco derrotas e três empates.

O treinador do Brasil, Cláudio Duarte, anunciou nesta semana que deixaria o time, o qual vinha dirigindo sem cobrar salários. O revés nesta quinta-feira foi o seu último jogo sob o comando da equipe gaúcha.

Os donos da casa viram os visitantes inaugurarem o marcador com 16 minutos de jogo. Lê abriu o placar em Pelotas. Sete minutos mais tarde, o Brasil chegou ao empate, com gol de Gabriel.

Aos 35min, Lê fez mais um e colocou a Ulbra novamente na frente. No segundo tempo, Gabriel igualou o placar mais uma vez, mas a Ulbra chegou a vitória com Jé e Rogério Pereira, que originou a confusão.

Fonte: Terra
publicidade