0

Caxias empata em Ijuí e mantém liderança no Gaúcho

9 fev 2013
21h16
atualizado às 21h35

O Caxias conseguiu segurar o São Luiz, no estádio 19 de Outubro, em Ijuí, e se manteve na liderança do grupo A da Taça Piratini, agora com 12 pontos. Mesmo passando dificuldades ao longo da partida, a equipe da Serra Gaúcha contou com a boa atuação do goleiro André Zuba e a precisão do atacante Rafael Santiago para arrancar um empate suado por 1 a 1.

 O time visitante segue invicto no Campeonato Gaúcho 2013, com três vitórias e três empates. Já o São Luiz, continua na segunda posição do Grupo B, com dois pontos a menos que o São José, que empatou com o Cerâmica por 0 a 0, em casa.

O Caxias começou tendo uma boa oportunidade, desperdiçada por Zambi, mas depois passou trinta minutos passando sufoco do time da casa. A boa movimentação do atacante Eraldo desconcertou a zaga do Caxias. O prórpio Eraldo criou boa oportunidade aos 13min e depois deu uma assistência para Chicão, que mandou para fora aos 26min.

A pressão deu resultado, e, aos 28min, Marcos Paraná abriu o placar de falta. Só nesse momento que o Caxias acordou. Dois minutos depois, conseguiu empatar em bela jogada de Rafael Santiago, que inavdiu a área e bateu no canto esquerdo do goleiro Oliveira. A partir daí, o time grená cresceu no jogo. Até o fim da primeira etapa, a equipe da Serra Gaúcha teve duas oportunidades de virar o placar, mas Zambi e Alisson desperdiçaram.

A etapa final começou nervosa. com alguns cartões amarelos e duas expulsões contra o Caxias. A primeira foi de Lino, que cometeu duas infrações em sequência, e a segunda do treinador Pícoli, que discutiu com o quarto árbitro. Nervoso, o time do Caxias se desconcentrou em campo e passou a ser dominado pelo São Luiz.

Em dez minutos, os donos da casa criaram quatro chances, e na principal delas, André fez mais uma ótima defesa em chute rasteiro de Juba. O Caxias só reagiu aos 31min, quando Vitor teve boa oportunidade, mas o goleiro Oliveira salvou.

Poucos minutos depois, Wallacer quase marcou para a equipe grená em um chute cruzado, mas a bola saiu. Aos 50min, André Zuba, operou o último milagre, defendendo uma bola de Washington e garantindo o 1 a 1 no placar.

 

 

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade