0

Embalado, Grêmio vence reedição de final e mantém 100%

25 mar 2010
21h32
atualizado em 26/3/2010 às 01h13

Quase um mês depois da final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho, Grêmio e Novo Hamburgo voltaram a se encontrar pelo Estadual. Porém, ao contrário da decisão do dia 28 de fevereiro - quando a equipe tricolor teve dificuldades para vencer por 1 a 0, gol de Ferdinando - a partida desta quinta-feira foi mais tranquila. Maylson e William marcaram na vitória por 2 a 1, que manteve o time com 100% de aproveitamento no segundo turno e na liderança do Grupo 1, com 15 pontos em cinco jogos.

Com a derrota no Estádio Olímpico, o time do interior gaúcho teve uma série de quatro vitórias consecutivas quebrada, e perdeu a chance de liderar a chave - está em segundo lugar, com 12 pontos.

O time da casa começou bem e abriu o placar logo aos 5min de partida. Jonas desceu pela direita e tocou para Maylson na entrada da área. O meia chutou de primeira e acertou o canto direito do goleiro Juninho. Dois minutos depois, os mesmos jogadores se envolveram em jogada que quase resultou no segundo gol: Maylson deu passe para Jonas na área e o atacante finalizou para ótima defesa do camisa 1 do Novo Hamburgo.

Aos 17min, o lateral direito Edílson bateu falta com força e Juninho espalmou. No lance seguinte, porém, após cruzamento na área, William subiu sozinho e cabeceou para ampliar a vantagem do Grêmio e marcar seu segundo gol na competição.

Perdendo por 2 a 0, o Novo Hamburgo errava muitos passes no meio de campo e não conseguia ameaçar os anfitriões. O técnico Gilmar Iser tentou mudar esse panorama aos 29min, colocando o atacante Kempes no lugar do volante Chicão. A equipe do interior chegou pouco depois em chute de Márcio Hahn, que passou à esquerda da meta, e pressionou o adversário nos minutos finais da primeira etapa, mas não alterou o placar.

Na volta do intervalo, o Grêmio novamente começou atacando. Jonas perdeu grande chance logo aos 3min: William cruzou da direita e o atacante dominou sozinho na área, mas chutou para fora. Pouco depois, foi a vez de Edílson receber belo passe de Douglas e bater cruzado, para boa defesa de Juninho. No lance seguinte, Douglas encheu o pé da entrada da área e o goleiro espalmou novamente.

A partir daí, a partida ficou mais truncada, com os dois times marcando forte no meio. Aos 25min, Jonas fez boa jogada, mas perdeu mais uma chance. Ele foi lançado em profundidade, invadiu a área e driblou Juninho, mas o chute bateu na trave.

Aos 36min, boa chance do Novo Hamburgo. Kempes foi acionado no bico da área, enxergou Victor adiantado e tentou o gol por cobertura, mas a bola saiu rente à trave direita. Cinco minutos depois, os visitantes tiveram uma chance de ouro de diminuir o placar: o árbitro marcou toque de mão de Douglas dentro da área gremista. Paulinho foi para a cobrança do pênalti, mas Victor defendeu no canto esquerdo.

Aos 42min, porém, Márcio Hahn arriscou da entrada da área, a bola desviou na zaga e sobrou para Kempes chutar na saída de Victor: 2 a 1. A reação do Novo Hamburgo, no entanto, parou por aí.

Em outro jogo da rodada, o Caxias bateu o Veranópolis por 2 a 1, fora de casa, e piorou a situação do Internacional. A vitória levou o time grená aos 13 pontos, de volta à ponta do Grupo 2. O gol da vitória foi marcado por Cristian Borja, aos 32min do segundo tempo, quando o Caxias tinha um jogador a menos.

Na outra partida do dia, o Ypiranga superou o Avenida por 2 a 1. Com apenas quatro pontos na classificação, o Avenida pode ser matematicamente rebaixado na próxima rodada.

FICHA TÉCNICA

Grêmio 2 x 1 Novo Hamburgo

Gols
Grêmio: Maylson, aos 5min, e William, aos 17min do 1º tempo
Novo Hamburgo: Kempes, aos 42min do 2º tempo

Ponto Forte do Grêmio
Pressão ofensiva no começo da partida, que resultou em dois gols logo no início

Ponto Forte do Novo Hamburgo
Boas chegadas no fim do primeiro tempo, quando o time se organizou melhor

Ponto Fraco do Grêmio
Erros fáceis de finalização, impedindo uma vitória mais tranquila

Ponto Fraco do Novo Hamburgo
Muitos erros de passe no meio de campo, dificultando a criação de jogadas

Personagem do jogo
Jonas, que participou do lance do primeiro gol, mas perdeu três boas oportunidades de deixar sua marca

Esquema Tático do Grêmio
4-4-2
Victor; Edílson, Mário Fernandes (Rafael Marques), Rodrigo e Fábio Santos; Ferdinando, Adílson (Willian Magrão), Maylson e Douglas; Jonas e William (Mithyuê). Técnico: Silas

Esquema Tático do Novo Hamburgo
3-6-1
Juninho; Micael (Maiquel), Cláudio Luiz e Edson Borges; Chicão (Kempes), Emerson, Márcio Hahn, Preto, Edimar e Paulinho; Gustavo Papa (Juba). Técnico: Gilmar Iser

Cartões amarelos
Grêmio: Mário Fernandes e Adílson
Novo Hamburgo: Márcio Hahn e Emerson

Árbitro
Fabrício Neves Corrêa

Local
Estádio Olímpico, Porto Alegre (RS)

Com informações de Gazeta Esportiva



Sensação do Sul, Grêmio vence 12º jogo seguido
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade