0

Na mira de franceses, Adilson diz que quer fazer carreira no Grêmio

20 jan 2011
07h41
atualizado às 09h24
  • separator

O belo sul da França parece não ser suficiente para seduzir Adilson, do Grêmio. O volante é pretendido pelo Olympique de Marselha, podendo deixar o clube gaúcho ainda em janeiro. A proposta gira em torno dos 6 milhões de euros (cerca de R$ 13,4 milhões). A decisão não é somente do jogador. Se dependesse dele, o Olímpico seria a sua casa eterna.

"Minha cabeça fica bem aqui no Grêmio. Eu gostaria muito de ter uma carreira toda aqui no Grêmio. Já pensei em uma situação com o Maldini no Milan, e ter toda a carreira aqui no Grêmio. Fico feliz por ser lembrado mundo a fora", comentou,após o empate por 1 a 1 com o Ypiranga.

O jogador se diz alheio a qualquer tipo de negociação, deixando seus representantes cuidarem do assunto. No momento, seus pensamentos são tricolores. "O pessoal tem me deixado aparte da situação. Minha cabeça esta voltada para o trabalho. Vamos ver o que é melhor para o Grêmio e o que é melhor para mim", explicou.

Dois jogadores podem ser anunciados como reforços até a inscrição na Libertadores, na segunda-feira. As tratativas para a vinda do zagueiro Rodolfo, ex-Fluminense e atualmente no Lokomotiv de Moscou, da Rússia, e do pentacampeão Gilberto Silva, do Panathinaikos, da Grécia, estão avançadas.

Volante se inspira em Maldini e não quer deixar Olímpico
Volante se inspira em Maldini e não quer deixar Olímpico
Foto: Roberto Vinícius / Gazeta Press
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade