0

Novo Hamburgo e Juventude ficam no empate na terceira rodada

26 jan 2013
23h04
atualizado às 23h13
  • separator
  • comentários

Com técnico novo – Itamar Schulle assumiu o lugar de Gilmar Iser, que caiu após as duas derrotas nas primeiras rodadas – o Novo Hamburgo recebeu o Juventude na noite deste sábado, abrindo a terceira rodada da Taça Piratini do Campeonato Gaúcho. No fim, o empate em 0 a 0 não agradou a ninguém.

O Juventude acumulou o terceiro empate em três jogos e seguiu mostrando fraqueza ofensiva. Já o Nóia, apesar de acumular o primeiro ponto, deu mostras de que correrá sério risco de rebaixamento caso não apresente maior ousadia em seus jogos. No truncado primeiro tempo, foi do Novo Hamburgo a melhor chance, no finzinho, quando Vinícius fez o goleiro Fernando realizar grande defesa.

Na etapa final, o Juventude perdeu dois jogadores machucados antes dos cinco minutos – Murilo e Diogo Oliveira. Ainda assim passou a ter maior posse de bola. Mas as chances foram poucas: faltou maior poder de finalização deste time que é muito dependente do atacante Zulu – que não vive uma boa fase – e que não aproveitou o fato de o Nóia ter perdido o seu principal zagueiro machucado (Leo Fortunato saiu aos 15 minutos).

Mesmo tímido na criação, o Novo Hamburgo quase chegou ao gol numa jogada fortuita quando, aos 30 minutos Lucas Santos fez bela jogada individual, deu uma arrancada e tocou para o lateral-direito Carlinhos chutar e obrigar o goleiro Fernando a fazer a melhor defesa da etapa final e sair como o cara que evitou a derrota do Ju.

 

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • comentários
publicidade