PUBLICIDADE

Projeto da "multiuso" Arena Grêmio surpreende governo do RS

3 fev 2011 17h55
Publicidade

O projeto da Arena Grêmio, futuro estádio da equipe tricolor gaúcha, surpreendeu nesta quinta-feira os secretários do governo do Estado do Rio Grande do Sul. Em encontro com executivos da Grêmio Empreendimentos (empresa gestora da Arena), diretores da construtora OAS e o presidente do clube, Paulo Odone, os funcionários reforçaram o compromisso com a questão da mobilidade em torno do estádio.

"Com a necessidade de Porto Alegre se firmar como a capital de eventos do sul do País, um empreendimentos dessa natureza nos dá outra perspectiva de futuro. Temos todo o interesse em ajudar para que o projeto se concretize," afirmou a secretária da pasta de Turismo, Abgail Pereira.

No projeto da Arena estão previstos 54 mil lugares e estrutura para, além de jogos de futebol, receber espetáculos e shows. O estádio será integrado a um complexo multiuso com um centro de convenções de 14 mil m², um hotel com 240 apartamentos, um shopping center, um centro empresarial e 5.300 vagas de estacionamento.

Segundo o presidente da Grêmio Empreendimentos, Eduardo Antonini, o complexo terá também importância social. "Nos baseamos muito no estádio de Amsterdã, na Holanda. Lá, o Amsterdã Arena (do Ajax) promoveu uma transformação social muito grande no local onde foi construído. Não foi por acaso que o bairro Humaitá foi escolhido. Pensamos nessa região pensando no legado que a Arena deixará para a cidade", disse.

Governo estadual se comprometeu a facilitar a movimentação no entorno do estádio
Governo estadual se comprometeu a facilitar a movimentação no entorno do estádio
Foto: Camejo / Divulgação
Fonte: Terra
Publicidade