0

Rafael Moura faz 2, e Inter vira 1ª final na Arena Grêmio

Virada colorada define primeiro vencedor de um Gre-Nal na Arena Grêmio e deixa Inter com vantagem de poder perder por até um gol de diferença

30 mar 2014
17h59
atualizado às 20h36
  • separator
  • comentários

Diante de um público de 37.444 pessoas na casa do maior adversário, o Internacional conquistou neste domingo uma importante vitória de virada contra o Grêmio, por 2 a 1, em busca do quarto título seguido do Campeonato Gaúcho. Além de aumentar a vantagem para o jogo de volta da decisão, provavelmente no Beira-Rio reformado, no dia 13 de abril, o clube colorado pôde comemorar a 1ª vitória em um clássico na Arena Grêmio. Os outros dois jogos no estádio ficaram no 1 a 1.

Rafael Moura marcou os dois gols do Internacional
Rafael Moura marcou os dois gols do Internacional
Foto: Jefferson Bernardes/Preview.com / Gazeta Press

O centroavante Rafael Moura transformou-se no maior personagem da virada do Internacional no clássico 400 da história. O colorado marcou os dois gols no segundo tempo em uma tarde inspirada dos matadores. Barcos abriu o placar para o Grêmio no primeiro tempo. Veja todos os detalhes do jogo aqui.

O gol gremista deu continuidade ao ótimo momento de Barcos. Se na semifinal contra o Brasil-RS o camisa nove passou em branco, nas quartas diante do Juventude o argentino marcou os três gols gremistas. No jogo anterior, tirou da cartola uma assistência no último minuto para o empate contra o Newell’s na Argentina. Vale lembrar que Barcos marcou gols nos outros dois clássicos disputados na Arena do Grêmio.

Mas o Internacional conseguiu os lances de maior perigo da partida desde o começo. Mesmo antes do gol gremista, o time perdeu duas chances incríveis, uma em cabeçada à queima-roupa de Alex defendida por Marcelo Grohe. O goleiro gremista, apesar da derrota, foi um dos protagonistas da partida, que foi disputada em alta voltagem.

No final da partida, jogadores de Internacional e Grêmio se estranharam e aumentaram a rivalidade para o jogo de volta. Willians e Paulão deixaram o campo reclamando de atos racistas de torcedores isolados do Grêmio.

Este foi o clássico de número 400 da história, sendo que estava afastados das decisões desde 2011, quando o clube colorado comemorou no Estádio Olímpico. O Inter tem 150 vitórias, enquanto o Grêmio venceu 125 vezes e houve 125 empates.

A rivalidade gaúcha terá um refresco. Enquanto no próximo fim de semana o Internacional faz festa para a reinauguração do Beira-Rio em amistoso contra o Peñarol, o Grêmio se concentra na Libertadores com partidas decisivas contra Atlético Nacional e Nacional do Uruguai, nos dias 2 e 10 de abril.

A decisão, provavelmente no estádio reformado do Beira-Rio, está marcada para o dia 13 de abril. Existe o pedido dos jogadores pela partida na casa colorada, mas a diretoria precisa acertar detalhes por conta da agenda a cumprir para a Copa do Mundo e tem o Estádio Centenário, em Caxias do Sul, como plano B. 

Polêmica

O volante Willians protagonizou o lance que provocou a maior discussão entre colorados e gremistas. Um carrinho aos 43min do primeiro tempo em Riveros rendeu um cartão amarelo que para muitos poderia ter sido o vermelho.

 

GOLS

Barcos comemora gol do Grêmio
Barcos comemora gol do Grêmio
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA / Divulgação
Grêmio 1 x 0 Internacional - 15min do primeiro tempo
Pará recebe pela meia direita e cruza na marca penal. Barcos cabeceia no canto direito da meta.

Grêmio 1 x 1 Internacional – 8min do segundo tempo
Alex aciona Aránguiz, que cruza da lateral de área, na segunda trave. Rafael Moura cabeceia para o chão e empata.

Grêmio 1 x 2 Internacional - 28min do segundo tempo
Contragolpe do Inter pela esquerda. Fabrício recebe de Ernando e cruza na marca penal. Rafael Moura completa de cabeça.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade